“ Edvaldo foi muito correto com o nosso partido, com o governador Belivaldo Chagas na campanha de 2018 ”, disse Fábio Mitidieri

Em entrevista exclusiva ao site Imprensa 24h, o deputado Federal Fábio Mitidieri (PSD), faz revelações sobre diversos temas, dentre eles: Em quem pretende votar para prefeito de Aracaju e se pretende ser candidato a governador em 2022.

Veja a matéria completa com o Deputado Federal Fábio Mitidieri:

Imprensa 24h: O senhor esperava ser o deputado mais votado?

Fábio Mitidieri: Eu trabalhei para ter uma boa votação. Acredito que dentro de todo o trabalho que fiz no primeiro mandato e de tudo que me propus a fazer neste segundo, os números são o reflexo. Graças a Deus a reciprocidade da sociedade sergipana foi muito grande, as pessoas confiaram, acreditaram e reconheceram todo o esforço.

Estou muito feliz e sei que esta é uma responsabilidade muito grande. Ser o quarto deputado mais votado do Brasil só aumenta este compromisso.

Imprensa 24h: O senhor já perdeu uma eleição como vereador, depois foi eleito deputado federal. Qual a sensação?

Fábio Mitidieri: A maior lição que eu tomei na minha vida foi a derrota para vereador. Por isso que toda vez que estou recebendo muitos elogios, penso nessa experiência e ponho os pés no chão, pois quem está ao nosso lado na hora da derrota são os verdadeiros amigos.

Graças a Deus dei a volta por cima e fiz uma análise crítica, pois apesar do excelente mandato que tinha feito na Câmara de Vereadores, antes de me candidatar novamente, a minha campanha deixou a desejar. Foi com estas reflexões que me candidatei a deputado federal e fui o terceiro mais votado do estado [no primeiro mandato como deputado federal].

Imprensa 24h: O senhor foi o deputado mais votado na capital sergipana [nesta última eleição]. Quem o senhor pretende apoiar na eleição de 2020?

Fábio Mitidieri: Quero fazer um parêntese: eu fui o terceiro mais votado em Aracaju, os outros dois foram Márcio Macedo e a vereadora Emília Correia. Dos eleitos, fui o mais votado.

Aracaju é minha terra, onde comecei minha carreira política e tenho uma preocupação muito grande com a nossa cidade. É um dever, para mim, ajudar o prefeito Edvaldo Nogueira a continuar a sua gestão de excelência, de redução de custo e muitas obras. Com este compromisso eu tenho a certeza que a nossa capital vai voltar a ser a capital da qualidade de vida.

Aproveito para destacar que Edvaldo foi muito correto com o nosso partido, com o governador Belivaldo Chagas na campanha de 2018. Por uma questão de gratidão a gente também tem que demonstrar isso, estando ao seu lado em 2020.

Imprensa 24h: O senhor pretende disputar a eleição para governador em 2022?

Fábio Mitidieri: As eleições de 2022 estão distantes. Eu comecei meu trabalho agora, pretendo fazer um grande mandato, de luta. Vamos ter um governo bem tumultuado diante do que estamos vendo no país, a exemplo da Reforma da Previdência. Se dormirmos no ponto, ela pode tirar o direito dos trabalhadores.

Entendemos a importância da Reforma, mas isso não pode sobrar para a parte mais fraca. Temos que fazer algo que seja justo com o trabalhador. Não podemos acabar com a aposentadoria rural como o governo federal propõe, tranformando-a em uma bolsa ou auxílio. Isso é inadimissível. Não podemos deixar que o BPC, que é o Benefício de Prestação Continuada, seja desvuncilado do salário mínimo e passe a ser de R$500 ou R$700. Entre outras coisas, não dá pra tirar categoria A, B ou C da Reforma. Ou ela é para todo mundo, ou não é para ninguém.

Então, respondendo de forma muito clara: eu só vou tratar de eleição para governador mais para frente. Tenho um desejo de disputar em um espaço majoritário, mas isso vai ser discutido com o agrupamento. Nós temos bons representantes no governo. Temos o próprio governador, que pode ir para o Senado; podemos ter a vice-governadora Eliane Aquino assumindo o governo; temos o prefeito Edvaldo Nogueira; o senador Rogério Carvalho e tem o meu nome, que está à disposição do grupo. Mas não agora.

Imprensa 24h: Qual postura o governo estadual deve ter com o governo federal?

Fábio Mitidieri: Uma postura de parceria, de uma gestão que precisa do governo federal para viabilizar a sua recuperação fiscal e financeira; o Governo do Estado está passando por um momento difícil de crise, sendo o auxílio federal importantíssimo. Temos pactos federativos muito injustos, onde todos os recursos vão para a União e depois são redistribuídos. Então ficamos meio que reféns, por isso mesmo o estado não pode se dar ao luxo de fazer oposição por oposição.

O governador Belivaldo vai sim manter a sua coerência, manter a sua história política de luta e sem vender seus princípios, mas vai precisar manter uma boa relação para que Sergipe não sofra mais quatro anos.

Imprensa 24h: O PSD hoje é o maior partido do estado. O que o senhor espera para as eleições municipais?

Fábio Mitidieri: Nós vamos para eleições municipais bem diferentes das outras, onde as regras das coligações mudaram e vão exigir dos partidos agora um profissionalismo e uma organização maiores. Eu acredito que vai ser um marco, pois muitos partidos deixarão de existir.

Vai ser um trabalho, dentro dos diretórios, de formação de base muito grande e o PSD já está atento a isso. Nosso objetivo é fazer uma campanha, em 2020, muito focada em eleger o máximo de vereadores, de prefeitos e vice-prefeitos, para que a legenda saia ainda mais fortalecida.

Imprensa 24h: A reforma política e as mudanças irão ajudar ou prejudicar os partidos políticos na próxima eleição?

Fábio Mitidieri: Ela vai exigir dos partidos muito mais compromisso e dedicação dos diretórios estaduais para que a gente possa manter no partido aqueles que realmente têm ideologia. No Brasil temos cerca de 40 partidos; não existe ideologia de 40 partidos. Muitas vezes o que tem é aquele cara que está procurando onde é mais fácil se eleger. Isso vai acabar, vão restar poucas legendas e pode ter certeza que vai se mudar a forma de fazer política partidária a partir de 2020.

Imprensa 24h: Qual a sua opinião sobre o “Pacote Anticrime” apresentado por Moro?

Fábio Mitidieri: O que li da proposta e tenho visto de críticos na Imprensa é que há medidas positivas e negativas. Também vi que boa parte da OAB [Ordem dos Advogados do Brasil] falou que o quê ele está propondo é inconsitucional. Então, esta é uma discussão muito ampla. Não sei se o fato de a gente estar discutindo a Reforma da Previdência, ao mesmo tempo, pode acabar sendo prejudicial ao pacote. Mas vamos aguardar.

Imprensa 24h: Juventude e Esporte são temas bastante defendidos pelo senhor em seu mandato. O quê os sergipanos pode esperar sobre esse tema nesse novo mandato?

Fábio Mitidieri: O esporte faz parte de minha vida. Fui secretário de esportes da capital; o nosso partido indicou os secretários de esporte do estado e de Aracaju; fiz parte da Comissão de Esportes da Câmara todos os anos, sempre ocupando a mesa e agora estou na expectativa de ser presidente de Comissão com o apoio do nosso partido.

Tenho projetos de Lei no âmbito da Juventude e do Esporte, como o que faz a revisão da Time Mania, pois existem clubes como o Confiança que não fazem parte, mas outros que já nem estão mais em atividades, continuam lá por um erro da lei, que não prevê atualização. Outra PL é a que trata do Dia do Desporto Escolar; tem a PL da redivisão da Loteria Esportiva, que já está na terceira comissão e, caso aprovada, vai ampliar os recursos voltados para o esporte no Brasil.

São bandeiras fortes que eu venho carregando em minha vida e espero, ao longo do mandato, reforçar ainda mais.

Email: contato@imprensa24h.com.br
Telefone: 79 99672-6073
Clique neste link para me enviar mensagens no WhatsApp

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

“ Edvaldo foi muito correto com o nosso partido, com o governador Belivaldo Chagas na campanha de 2018 ”, disse Fábio Mitidieri

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h