Exclusivo: Rogério Carvalho confirma a possibilidade do PT ter candidatura própria em Aracaju, faz balanço do PT e fala sobre o governo estadual e federal

No ultimo final de semana, o Imprensa 24h entrevistou de forma exclusiva o senador da republica Rogério Carvalho (PT), que falou sobre diversos assuntos.

Imprensa 24h: Qual foi o maior desafio da última eleição?

Rogério Carvalho: Nosso maior desafio foi articular uma base social em torno de um projeto militante e que disputasse esse projeto na sociedade. E isso se materializou com a vitória do PT no Senado, na Câmara Federal e a eleição de uma vice-governadora e dois deputados estaduais, além da vitória do Haddad com 68% dos votos do estado de Sergipe.

Imprensa 24h: Qual o balanço do PT após a última eleição em Sergipe?

Rogério Carvalho: O Partido conseguiu levar uma mensagem clara aos eleitores, conseguiu mobilizar a maior parte da população e ter a adesão em relação às nossas propostas, tanto é que o Haddad teve a preferência entre os sergipanos. E esse reconhecimento fortalece o PT porque a gente precisa manter essa base social para trabalhar para que as expectativas que nos deu a vitória sejam atendidas.

Imprensa 24h: O senhor pretende disputar a reeleição para presidente do PT em Sergipe?

Rogério Carvalho: Não. Estou encerrando meu segundo mandato à frente da presidência do PT e você só pode se reeleger uma vez para abrir espaço para novas lideranças e é isso que vai acontecer no próximo processo eleitoral do partido.

Imprensa 24h: Qual será a postura do Senador com o Governo Federal?

Rogério Carvalho: Será uma postura vigilante, de oposição a todas as medidas que vierem contra os interesses da maioria da população. Nós já estamos vendo algumas medidas que nos coloca na oposição e nos posiciona de uma forma crítica, como por exemplo, a alteração do Estatuto do Desarmamento. No decreto, o Governo arma toda a população, coloca em risco vidas de inocentes. Por decreto, o presidente torna sigilosa a atividade administrativa quando permite que mais de duas mil pessoas possam colocar sob sigilo de 15 a 25 anos, documentos que deveriam ser públicos para que a operação do Governo não fique à disposição da sociedade. Dessa maneira, não há como evitar a corrupção, e coisas que gerem danos ao erário público. Além disso, nós estamos acompanhando os primeiros passos de Reformas que são muito importantes para a sociedade e que vem com um conteúdo que retira direitos e passa a conta da crise para os mais pobres, que protege os mais ricos, assegura ao sistema financeiro a manutenção de ganhos astronômicos, às custas das pessoas mais pobres que vai ser chamada para pagar a conta que deveria ser repartida com os mais ricos. A justiça social só aconteceu quando o PT governou, e o partido conseguiu tirar 36 milhões de pessoas da miséria, conseguiu reduzir a pobreza de 30% para 11%, portanto, são medidas desta natureza que nos colocam na oposição e com uma postura crítica, e nos dará muito trabalho para esclarecer para a sociedade os descaminhos do Governo Bolsonaro que trará prejuízos graves ao país.

Imprensa 24h: Qual a nota o senhor daria para as ações de Bolsonaro no início do seu mandato?

Rogério Carvalho: Vamos lá: um Governo que orienta cada um fazer sua própria proteção, e diante de alguma ameaça pessoas inocentes podem perder a vida; um Governo que quer combater a corrupção mas autoriza milhares de servidores a decretar sigilo em documentos públicos; um Governo que não quer que a população tenha qualquer pensamento crítico ou ideológico já que nos destina como solução uma Escola Sem Partido; um Governo que limita direitos e liberdades com a defesa do machismo, da misoginia, da homofobia, do racismo, e que mingua os povos indígenas; um Governo que quer impedir a liberdade de expressão com o GSI e que ainda quer vigiar e compartilhar os dados pessoais de cada brasileiro e manipular a opinião pública; um Governo que mantém um preso político e que quer a eliminação de todos os petistas; um Governo que quer entregar a nossa poupança ao mercado financeiro através de uma Reforma da Previdência, que corta benefícios para a população mais pobre, que quer o trabalhador sem qualquer direito; um Governo que acha que a Universidade é apenas para os brancos e que os negros das periferias têm outros espaço que não é a sala de aula; um Governo que flexibiliza a legislação ambiental para garantir aos ruralistas os territórios que são a nossa riqueza natural, e ignora os impactos que podem gerar para as gerações futuras;  um Governo que acha que enviar dinheiro para candidatos “laranjas” não interfere no processo democrático, e na decisão que deveria ser soberanamente do povo. Diante de tantos “feitos” em benefício da população, que nota este Governo de Bolsonaro merece?

Imprensa 24h: Qual a situação financeira do Brasil e de Sergipe na sua avaliação?

Rogério Carvalho: O Brasil é um país muito rico. Mas infelizmente, a visão deste último período é pouco criativa para impulsionar o crescimento econômico. E vem seguindo uma cartilha focada nos cortes. A preocupação deveria existir em garantir o dinheiro do trabalhador porque isso movimenta a roda da economia, diminuir o déficit fiscal e equacionar a dívida pública da previdência para reduzir as taxas de juros e com a sobra promover o aquecimento e desenvolvimento econômico. E aplicar outra parte dos recursos para investimentos em infraestrutura, saneamento, ciência e tecnologia e pesquisas. A dinâmica de cortes limita o crescimento econômico.

Em relação a Sergipe, assim como nos outros Estados, eu vejo que não há debates em como impulsionar o desenvolvimento econômico regional que estruturaria não só a economia local, mas também melhoraria o desempenho nacional. Vejo os Estados administrando uma situação econômica que não muda. Desde a campanha defendo um novo modelo de Estado, que não é algo restrito, a pretensão é muito mais abrangente e como legislador, tentarei provocar debates. Já penso em elaborar um projeto de lei que garanta na Lei Orçamentária Anual, algum recurso para promover o desenvolvimento regional. Mas ainda estamos elaborando a proposta.

Imprensa 24h: O PT terá candidatura própria na capital?

Rogério Carvalho: Existe a possibilidade.

 

Email: contato@imprensa24h.com.br
Telefone: 79 99672-6073
Clique neste link para me enviar mensagens no WhatsApp

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Facebook Comments

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h