Imprensa24h 12 de outubro de 2018

A 35ª edição do Festival de Artes de São Cristóvão (FASC) vai reunir apresentações em diversos pontos da cidade, entre os dias 15 e 18 de novembro. De forma inédita, o “Beco do Amor”, que na verdade se chama Largo do Amparo, será uma das grandes novidades do evento. O espaço se transformará em mais uma atração da festa, servindo de opção para atrações artísticas e reduto gastronômico, pois a área fica nas proximidades da Casa dos Bricelets.

O historiador Thiago Fragata contou que o local já serviu de palco para apresentações e projetos musicais no passado, e justamente por ser uma região que agregava muitas pessoas acabou ganhando o apelido carinhoso. “Com o projeto Cidade Seresta, na década de 1990, o ‘Beco do Amparo’ se tornou ‘Beco do Amor’, justamente porque reunia casais de namorados que passaram a marcar as paredes do local com declarações apaixonadas, tudo na crença de que o amor que sentia por seus pares fosse eterno” observou o historiador Thiago Fragata.

A assessora técnica da Fundação de Cultura e Turismo João Bebe-Água (Fundact), Elma Santos falou que a escolha do Beco do Amor como um dos espaços oficiais do festival foi pensado justamente para resgatar essa parte histórica e ao mesmo tempo para agregar público em mais uma região da cidade. “A ideia é movimentar as atividades comerciais no entorno da Igreja do Amparo, atraindo mais pessoas para conhecer outras opções de nossa programação. O Beco do Amor é mais um espaço de vivência do FASC”, disse.

Atrações musicais

Arthur Matos, cantor e compositor, será uma das atrações do Beco do Amor no dia 17 de novembro. “Sempre foi um sonho participar do Festival de Artes de São Cristóvão, que faz parte de uma tradição do nosso estado. Poder mostrar o trabalho que desenvolvo há quase 10 anos para o público do FASC será gratificante,” frisou.

O integrante do Trio Voodoo Cigano, Felipe Cunha, outra atração da festa, destacou a valorização do artista local e a contribuição do FASC para a cultura do estado. “Estamos muito felizes de participar desta edição da festa, que contribui muito para a cultura em Sergipe, e que valoriza os artistas locais, diversificando a oferta musical e artística de maneira louvável. A Voodoo Cigano é um trio que presta homenagem antes de tudo ao violão, e que tenta condensar e traduzir diferentes estilos e sentimentos para esse instrumento tão versátil e tão popular no Brasil. Traremos a nossa apresentação mais tradicional cujas bases são: a emoção e o improviso”, adiantou Felipe.

Programação Beco do Amor

Quinta-feira (15 de novembro)

Palco com artistas selecionados do Festival da Canção Francesa (apoio da Aliança Francesa).

Sexta-feira (16 de novembro)

Vinícius Crispim, Dami Dória Quarteto, Bob Lelis e a Rural do Forró.

Sábado (17 de novembro)

Voodoo Cigano, Arthur Matos, KombiSoul.

Domingo (18 de novembro)

Pífano de Pife, Luno Torres.

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Fonte e Foto: PMSC

Leave a comment.

Your email address will not be published. Required fields are marked*