Imprensa24h 23 de agosto de 2018

O Governo do Estado liberou para o Hospital de Cirurgia um pagamento de R$ 3,1 milhões para que a unidade filantrópica resolva os problemas e adiante a retomada de cirurgias cardiotorácias, que não acontecem há mais de dois meses.

De acordo com André Carvalho, assessor Comunicação da Secretaria de Estado da Saúde (SES), a situação que envolve a morosidade para retomar os procedimentos cardíacos não é causada por um único fator. “A SES percebeu inúmeros problemas. Mediante esse diagnóstico, elaboramos um plano de recuperação que envolve o retorno dos médicos que estavam sem receber, pagamento de fornecedores e de passivos de anos anteriores”. O valor do contrato do Governo com o Cirurgia é de R$5,1 milhões, mas o filantrópico recebe por produtividade. Os R$3,1 milhões são referentes aos serviços desempenhados e aos passivos.

Outra medida adotada pela gestão estadual foi nomear uma diretora administrativo-financeiro no Hospital, para que acompanhe o recebimento de repasses e a utilização dos mesmos. Foi selecionada para desempenhar a função Márcia Guimarães, diretora de sistemas da SES.

Cirurgia

O Hospital de Cirurgia se manifestou informando que “A posição do Hospital é que a nova diretora administrativa fez reunião com as equipes médicas e o mais breve possível será dado o retorno dos serviços”.

Por Victor Siqueira – Infonet

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Leave a comment.

Your email address will not be published. Required fields are marked*