Imprensa24h 26 de julho de 2017
Museu de Sergipe

Em celebração ao aniversário de sete anos da Chancela da Praça São Francisco, em São Cristovão, o Museu Histórico de Sergipe, preparou uma programação especial. O espaço, que compõem uma das unidades da secretaria de Estado da Cultura (Secult), promoverá uma série de atividades culturais entre os dias 1º a 03 de agosto, voltadas para turistas, estudantes e visitantes locais.

Na terça-feira 1º de agosto, dia do aniversário, as atividades iniciam com a exibição do documentário “A fina malha do tempo”, de Romário Silva, que conta a história do Festival de Arte de São Cristóvão. Em seguida a galeria do Museu lançará a 9º Mostra de Artes Visuais do Centro Acadêmico de Artes Visuais da Universidade Federal de Sergipe (Cenarte –UFS), acompanhada da apresentação de uma atração musical com  Dimas Conceição e Thiago Ruas.

Já no dia 02 de agosto, será realizada uma roda de conversa com os alunos da rede pública de ensino, mediada pelo historiador Thiago Fragata e o diretor de Patrimônio Histórico, artístico e Cultural da secretaria de Estado da Cultura, Marcos Paulo, que abordará o tema “Praça São Francisco”.  Também voltada para os estudantes, no dia 03 de agosto, às 10h, será apresentada outra sessão de cinema no museu, com o filme “A Orquestra dos Meninos”, de Paulo Tiago.

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan/SE) e a Prefeitura Municipal de São Cristóvão também promoverão ações internas pela comemoração da Chancela. O dia 1º de agosto marca a data em que a Unesco reconheceu a Praça São Francisco como Patrimônio Mundial da Humanidade, a partir de uma iniciativa do Governo do Estado, com o apoio técnico do Iphan em Sergipe e da prefeitura local.

História

A Praça São Francisco representa o coração da parte alta de São Cristóvão, abrigando as estruturas políticas, judiciais e religiosas do centro da cidade. O espaço foi construído no final do século XVI e início do século XVII e permanece ao longo desses mais de quatrocentos anos uma referencia da história e também da identidade sergipana.

Em 2008, a candidatura da Praça São Francisco como Patrimônio Mundial da Humanidade foi aprovada durante a 32ª Sessão do Comitê de Patrimônio Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) realizada na cidade de Québec, no Canadá. A chancela do título foi conquistada em agosto de 2010, tornando o espaço o 18º Patrimônio Mundial da Humanidade no Brasil.

Uma comissão gestora é responsável pela manutenção do espaço e sua permanência na lista da Unesco, com base nos critérios de valoração N° II que se refere à questões como: intercâmbio de valores humanos, ao longo do tempo ou dentro de uma área cultural do mundo; e N° IV, visto que se trata de um exemplar excepcional de um tipo de edifício, conjunto arquitetônico ou paisagem que ilustra estágios significativos da história humana.

Programação do Museu Histórico de Sergipe

01 de agosto
18h – Apresentação do Documentário: “A fina malha do tempo”
19h – Abertura da 9ª mostra de artes visuais da UFS
20h – Atração musical com  Dimas Conceição e Thiago Ruas

02 de agosto
14h – Roda de conversa com os alunos da rede pública de ensino
Tema: Praça São Francisco
Mediadores: Historiador Thiago Fragata e o diretor de Patrimônio Histórico, artístico e Cultural da Secretaria de estado da Cultura, Marcos Paulo

03 de agosto
10h Cinema no Museu – “A Orquestra dos Meninos”
Púbico alvo: alunos da rede publica,

Fonte: ASN-AGÊNCIA SERGIPE DE NOTÍCIAS
Fotos: Ascom/Secult

Leave a comment.

Your email address will not be published. Required fields are marked*