62,8% das pessoas abandonarem uso de carros devido ao aumento constante no preço da gasolina

Devido à alta nos preços da gasolina, cerca de 62,8% das pessoas que possuem veículo particular no Brasil diminuíram a frequência no uso. As informações são de um levantamento realizado e divulgado nesta segunda-feira (18).

A região com motoristas mais descontentes é o Sul, onde o índice de desistência alcança 66,3%. Em seguida, aparece o Sudeste, com 63,3%, Norte e Centro-Oeste, com 61,2%, e Nordeste, com 60%.

 

De acordo com a pesquisa, os entrevistados com menor escolaridade também foram os mais afetados: 66,8% afirmaram que têm usado menos os carros. A maioria também é composta por mulheres, sendo que 63,9% das contatadas afirmaram a desistência, contra 61,2% dos homens.

Para chegar aos resultados, foram entrevistadas, por ligações telefônicas não robotizadas, 2.300 pessoas com 16 anos ou mais, em 26 estados e Distrito Federal. As perguntas foram realizadas entre 12 a 15 de outubro de 2021 e o grau de confiança da pesquisa é de 95%, com margem de erro de 2%.

Aumento no preço da gasolina

O preço médio da gasolina vendida nos postos do país teve alta de 3,33% no intervalo de uma semana. Até o último dia 16, o valor médio do litro no Brasil era de R$ 6,321. No levantamento anterior, referente a semana de 03 a 09 de outubro, o preço médio era de R$ 6,117.

Piauí é o estado em que o preço está mais alto, capaz de alcançar R$ 6,93 no litro do combustível. Na sequência, está o Rio Grande do Norte vendendo o litro da gasolina a R$ 6,85 e o Rio de Janeiro, que vende a R$ 6,78.

Fonte: Yahoo Notícias

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *