A Importância e Necessidade da Formação Continuada dos Professores na Sociedade Contemporânea.

Ana Maria Plech de Brito

Dayse Xavier de Santana

Rita de Cassia Cardoso

 

A informação e o conhecimento vem sendo compartilhados de maneira muito ágil – praticamente de forma instantânea -, exigindo essa agilidade também do profissional atual como um requisito imprescindível.

Esse cenário de rápidas e profundas mudanças digitais que impactam no mercado de trabalho e no perfil da sociedade traz em seu bojo a necessidade de revisão dos modelos educacionais vigentes, gerando assim, uma demanda enorme por formação contínua dos profissionais da educação para atender a essa nova realidade. As habilidades desenvolvidas pelos docentes e atualmente aplicadas no ensino precisam urgente e continuamente serem repensadas e revistas.

No âmbito do Brasil, além do desenvolvimento digital, que requer um modelo novo de educação e práticas educacionais, (Educação 4.0), temos a criação e implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Esses dois fatores associados mudou o perfil de formação do educador brasileiro e são desafios a serem superados para tornar o processo de ensinar e aprender mais efetivo.

Para atender às mudanças no processo de ensinar e aprender se faz necessário um novo perfil de educador brasileiro que deve incorporar as chamadas metodologias ativas de ensino, que estimulam a participação ativa dos alunos no processo de ensino aprendizagem e na construção do seu projeto de vida. Mas, como atualizar esse docente? Como isso acontece e quais devem ser as características do educador nesse novo cenário? Nesse momento entra em cena a formação continuada dos professores!

A formação continuada dos professores em nosso país já é uma realidade, porém, ainda encontra muitos desafios a serem enfrentados por escolas e docentes para que consigam sincronizar com as demandas atuais exigidas da educação e do fazer a educação. Tanto as escolas quanto os docentes devem desenvolver uma série de características que desafiam um padrão de ensino ainda tradicional, que imperam na maioria das instituições escolares. Alguns dos desafios para tal são: compreensão das necessidades de cada aluno; tempo escasso para o aprendizado continuado; engajamento dos educandos, em concorrência com o uso de dispositivos digitais; turmas grandes, com perfis distintos e necessidades variadas.

Para superar esses desafios é imprescindível investir cada vez mais em formação continuada e de maneira assertiva, pois diante da agilidade de atualização das informações, o professor deve acompanhar o fluxo da mudança, a partir de uma abordagem de aprendizagem constante; um perfil docente que seja flexível para assumir vários papéis; a conscientização da necessidade de promover um ensino aprendizagem mais humanizado que passa pelas relações estabelecidas com os alunos, nesse sentido o professor, na conjuntura atual  não atua  apenas como portador do conhecimento, mas também, deve ter capacidade para compreender o estudante como um indivíduo, com suas diferenças e peculiaridades; esse novo docente também deve ter um conhecimento e desenvolver em seus alunos uma visão sobre empreendedorismo e por fim, para conseguir explorar todo o potencial da Educação tecnológica, que utiliza de ambientes virtuais e games para um ensino mais eficiente e interativo, o professor precisa mais do que nunca, ter conhecimentos tecnológicos.

Na esfera escolar, quando o professor está em contínuo processo de atualização e em formação ininterrupta, ela passa a ser um facilitador e não apenas um transmissor de conhecimentos. Ademais, a formação continuada contribui para que o professor se torne cada vez mais adaptável às rápidas e diversas mudanças do contexto educacional, com habilidades de enfrentar e superar as dificuldades encontradas no dia a dia da sala de aula.

Desta forma, percebemos que a formação continuada contribui para que professores e gestão escolar pondere e busquem a excelência no desenvolvimento das ações pedagógicas, propondo estratégias com a finalidade de sanar problemas e sugerindo mudanças significativas para toda a comunidade escolar.

A partir dessas reflexões, fica notório a importância do profissional da educação (assim como qualquer outro profissional contemporâneo), e das instituições escolares em investir em formação continuada, para que o professor possa se atualizar, através das qualificações e desenvolver competências para oferecer cada vez mais um serviço de qualidade. Durante a trajetória profissional do docente, sempre será necessário buscar alternativas para ensinar, antenadas com o modelo contemporâneo. Isso porque os estudantes estão transformados, ou seja, mais dinâmicos, tecnológicos e proativos. Portanto a formação continuada dos professores é fundamental e necessária para que o processo de ensino e aprendizagem traga benefícios aos docentes, aos alunos,às instituições escolares e por fim, à sociedade.

Ana Maria Plech de Brito       Dayse Xavier de Santana                Rita de Cassia Cardoso

 

 

 

 

Dayse Xavier de Santana

Colunista

Pedagoga Especialista

Consultoria e Assessoria Educacional

 

Ana Maria Plech

Pedagoga Mestre em Educação

Coordenadora Pedagógica

 

Rita de Cassia Cardoso

Pedagoga Mestre em Educação

Coordenadora Pedagógica

 

Contato: daysesantana.consultoria@gmail.com

 

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta