“A vacina ajudou a salvar minha vida”, afirmou Eduardo Amorim após vencer a Covid-19

Em entrevista, nesta segunda-feira, 14, ao radialista Gilmar Carvalho, na Rádio Jornal FM, o presidente do PSDB Sergipe, o médico e ex-senador Eduardo Amorim, destacou as perspectivas do partido para 2022 e as especulações sobre possíveis mudanças no comando da sigla no estado. Ele também falou sobre sua internação para tratamento da Covid-19.

“Mesmo na pandemia eu segui atuando em diversas cirurgias, inclusive entubando pacientes diariamente. O risco era muito grande e eu sabia disso, mas enquanto soldado da saúde não poderia fugir da guerra. Fui ferido, fiquei internado, mas afirmo aqui: a vacina ajudou a salvar minha vida. Se eu não estivesse imunizado com as duas doses talvez eu não estaria aqui hoje, com vida e saúde, retornando ao trabalho no Centro Cirúrgico”, salientou.

O ex-senador classificou como especulações as notícias sobre uma possível troca no comando do partido em Sergipe. “Não fui contatado pela Executiva Nacional sobre qualquer mudança. Meu mandato à frente do PSDB está prorrogado até o próximo ano, mas eu não sou o dono do partido. Tenho muita consciência disso. Enquanto eu não receber qualquer comunicado oficial da Nacional sobre isso, sigo atuando para fortalecer o partido visando o pleito de 2022”, enfatizou.

Eduardo Amorim reafirmou sua pretensão de disputar o Senado. “Estou trabalhando neste sentido. A situação da saúde na pandemia mostrou que minha missão na política ainda não acabou, especialmente em prol da Saúde. Portanto, estou sim pré-candidato ao Senado. Quanto às especulações de definição de apoio a candidato ao governo, não fechei questão com ninguém, até porque ainda é cedo. Seguirei aberto ao diálogo com todos e, mantendo a coerência e ouvindo o grupo, decidir qual caminho seguir em 2022″, afirmou.

Em relação à falta de UTI para Covid-19 no Hospital Regional de Itabaiana, o médico afirmou que é possível e necessária a ampliação para abertura dos leitos. “Espaço físico tem. Há ao lado do hospital um Centro de Especialidades, construído em nossa gestão à frente da Secretaria de Estado da Saúde, que poderia ser remanejado para outro local e, desta forma, ampliar a unidade com a criação dos leitos de UTI, garantindo mais resolutividade. Inclusive, utilizando também todo o quarteirão ao redor, como fez o Hospital de Cirurgia. Espaço tem, mas é preciso boa vontade para tornar isso realidade”, ressaltou.

Ao ser questionado sobre a situação da Ceasa de Itabaiana, Eduardo Amorim lembrou que sua primeira emenda de bancada enquanto deputado federal foi para a construção do prédio. “Entendia que não cabia mais no Centro da Cidade aquele trânsito de caminhões para carregar e descarregar. Itabaiana tem essa vocação para o comércio na feira, recebendo feirantes de vários cantos do estado. Portanto, era necessário esse centro de distribuição mais apropriado, uma ideia espetacular e que sempre defendi. Infelizmente, se ainda não está funcionando é por conta da política atrapalhando. É triste ver isso”, frisou.

“Faço aqui um paralelo com o Hospital do Câncer de Sergipe. Este ano completam dez anos da primeira emenda que destinei para a construção, mas até o momento, mesmo com recursos garantidos, nada foi construído. Estamos acompanhando a grande necessidade de UTIs, e este seria mais um espaço para abertura destes leitos”, finalizou.

 

 

 

Assessoria de Imprensa

 

 

 

 

Publicidade:

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta