Acidentes e problemas no transporte público demonstram que a mobilidade urbana está na UTI, diz vereador

O vereador Ricardo Marques (Cidadania) tem visitado com frequência os terminais de integração de ônibus da Grande Aracaju e conversando com os rodoviários e usuários do transporte público sobre as suas dificuldades enfrentadas diariamente. O parlamentar percebeu que o clamor de todos é por mais atenção à mobilidade urbana da capital.

Em visita ao Terminal Leonel Brizola, que fica na Zona Oeste de Aracaju, Ricardo conversou com passageiros e rodoviários e mais uma vez sentiu de perto as suas necessidades. “Todos reclamam da péssima estrutura e falta de condições e percebi que não tinha nenhum representante da gestão pública no local. As pessoas perdidas com as dificuldades de ter informações sobre as linhas dos ônibus”.

Ricardo ainda reforçou a importância do foco no transporte público, que precisa passar por uma licitação, para incluir na revisão do Plano Diretor.

“O sistema é o mesmo desde a década de 80, nada mudou e a cidade cresceu. A mobilidade urbana está dentro do Plano Diretor e merece um grande cuidado. Não adianta dizer que ciclistas e pedestres são prioridade apenas no papel, precisamos de ações efetivas. Por exemplo, a bilhetagem eletrônica que está sendo avaliada não tem condições de entrar em vigor, é o mesmo que colocar os bois na frente dos carros e precisamos ter cuidado antes de votar”, ressalta.

O parlamentar reforçou que essa é uma bandeira que ele sempre levantou desde o primeiro dia do seu mandato e garantiu que vai continuar defendendo.

“Estou atento às necessidades da população porque estou nas ruas todos os dias. É esse o nosso papel. Convido sempre meus colegas do Parlamento para refletirem sobre o papel da vereança. Temos que parar de falar que está tudo bem com a mobilidade urbana de Aracaju quando não está. Os problemas se acumulam há décadas, a exemplo de muitas ciclovias que estão abandonadas, corredores de ônibus que não estão sendo respeitados, semáforos inteligentes que não estão funcionando da forma devida. Lembro ainda da audiência pública promovida por mim no primeiro semestre sobre o transporte público, de lá para cá, pouco ou quase nada melhorou. Temos que cobrar do prefeito porque a Câmara Municipal de Aracaju é forte e estamos aqui para defender a população”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *