Pular para o conteúdo
Início » Alertas da Defesa Civil também podem ser recebidos via Telegram, saiba como se cadastrar

Alertas da Defesa Civil também podem ser recebidos via Telegram, saiba como se cadastrar

O serviço de alerta da Defesa Civil, antes acessível apenas via SMS, hoje pode ser recebido, também, através do aplicativo Telegrama. A ferramenta, disponibilizada pela Defesa Civil Nacional, possibilita que estados e municípios operacionalizem esse canal de informações voltadas à população, como já vem ocorrendo em Aracaju.
Segundo o coordenador geral da Defesa Civil da capital, Robson Rabelo, a diferença entre o serviço de alerta por SMS 40199 e o serviço via Telegram está na possibilidade de extensão do conteúdo e recursos de acesso à informações sobre diversas localidades.
“No SMS, as mensagens são limitadas a textos com 160 caracteres. Já no Telegram podemos estender as informações, acrescentando orientações em geral, com indicação de canais de comunicação e informações sobre como o cidadão deve proceder diante do evento apontado no alerta”, salientou Rabelo.
A ferramenta está disponível desde o mês de março, porém é preciso que a população faça a adesão, no aplicativo, para receber as mensagens diretamente no celular.
“É importante que as pessoas se cadastrem, especialmente os moradores de áreas de risco, para que possam se preparar e não serem surpreendidos diante das chuvas intensas, ventos fortes ou outras situações que venham a motivar o encaminhamento do alerta, pela Defesa Civil”, pontua Robson Rabelo.
Cadastro
Para receber as informações é necessário baixar o aplicativo do Telegram no smartphone. Ao abrir o aplicativo, o usuário deve pesquisar o contato @defesacivilbrbot. Em seguida, será iniciado um chat, a partir do qual o usuário receberá todas as informações necessárias sobre o serviço.
A partir do compartilhamento da localização, o cidadão passará a receber os alertas gerados para aquela respectiva região, assim como poderá ter acesso às informações de outras localidades, conforme cadastro efetivado nessa mesma ferramenta.
O serviço também pode ser acessado através do QR code ou por meio do link de convite.
Depois de informar a localização, o usuário terá acesso aos alertas de risco sobre sua região, assim como às orientações voltadas à prevenção de riscos e autopreservação. O serviço permite, ainda, a pesquisa sobre alertas vigentes em todo o país.

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter