Alessandro não contribui em nada e devia voltar pra sua terra, diz Rodrigo Valadares

O deputado estadual Rodrigo Valadares (PTB), em entrevista exclusiva concedida ao Imprensa24h nesta quarta-feira (12), criticou de forma enfática a “demagogia, hipocrisia e falsidade” de Alessandro Vieira (Cidadania), a quem classifica como “senador fake”.

“[Alessandro] É uma vergonha muito grande para o estado de Sergipe. Isso não podia ser de um sergipano, e ele não é, ele é gaúcho, acho que ele devia voltar pra terra dele, porque aqui em Sergipe ele não está contribuindo em nada com a política sergipana e com o desenvolvimento do estado”, disse Rodrigo.

As críticas do deputado petebista foram ensejadas por matéria jornalística que apresenta Alessandro como um dos senadores que mais gastaram com passagens áreas e utilização da cota parlamentar no senado no decorrer do ano passado.

De acordo com dados apresentados por Rodrigo ao Imprensa24h, o senador do Cidadania gastou mais de R$225 mil apenas com deslocamento aéreo, perdendo somente para o senador Romário nessa cifra. Quanto às despesas totais da cota para exercício da atividade parlamentar, Alessandro superou os outros dois senadores por Sergipe ao totalizar mais de R$442 mil utilizados ao longo de 2019.

“Sem entrar no mérito da questão, essa é a verdadeira face do senador Alessandro, que é um senador fake, que prega uma coisa e é outra. Esse foi um caso escandaloso, ele entrou no senado dizendo que ia cortar gastos de gabinete, que não ia utilizar todos os cargos comissionados; está aí, é um campeão de gastos”, ironizou o deputado estadual.

Para reforça sua crítica à postura do delegado Alessandro, Rodrigo Valadares relembrou outros dois episódios envolvendo o senador, publicados com exclusividade pelo Imprensa24h: a montagem do gabinete parlamentar em Brasília e em Sergipe , e a contratação da empresa de membros do Cidadania para realização de uma pesquisa de intenção de voto. 

“Quem não se lembra do episódio vergonhoso do concurso público para os seus funcionários e quando a gente viu os “aprovados”, eram pessoas filiadas ao cidadania, pessoas que foram candidatos, que ele já conhecia, que já tinham trabalhado para ele, que fizeram campanha para ele. Agora vem mais um vergonhoso exemplo dessa pesquisa aí, montou um instituto nas coxas, contratou seus filiados”, finalizou o deputado.

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes :

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta