Pular para o conteúdo
Início » Aluno sergipano representará o estado no Programa Jovem Senador

Aluno sergipano representará o estado no Programa Jovem Senador

O jovem Cauã Carvalho de Oliveira, aluno do 2º ano do ensino médio do Centro de Excelência Professor Gonçalo Rollemberg Leite, em Aracaju, foi o sergipano selecionado para participar da 10ª edição do Programa Jovem Senador. No período de 27 de junho a 1º de julho, ele irá para Brasília (DF), juntamente com outros alunos de todos os estados do Brasil. Os estudantes terão a experiência de uma Vivência Legislativa acompanhados dos seus professores orientadores. Eles irão conhecer o funcionamento do Senado Federal e poderão também apresentar projetos de lei.

A seleção para o programa foi uma redação cujo tema foi “200 anos de Independência: lições da história para a construção do amanhã”. O aluno Cauã diz que foi bastante incentivado pelo seu padrasto e pela professora de História, Fernanda Santos Correia Cavalcanti, que acreditou em seu potencial. Ele também disse que ficou bastante surpreso ao saber do resultado, pois não acreditava que chegaria tão longe.

“Eu não tinha consciência do que era o programa, mas a professora Fernanda apresentou para a turma e me deu todo o incentivo para participar. Eu espero conhecer o Senado Federal de perto e também melhorar cultural e socialmente, já que vou estar em contato com alunos de outros estados, com outras culturas”, disse Cauã. O estudante também se mostra esperançoso e incentiva outros jovens a participarem. “Acredito que sou uma prova de que os alunos da escola pública são capazes, sim. É preciso que todos tentem, que não desistam, que procurem algo em que possam brilhar”, declarou.

A professora Fernanda Santos Correia Cavalcanti, de História, foi sua orientadora e também está escalada para ir a Brasília participar da vivência legislativa. Ela conta que o Programa Jovem Senador está no calendário de oportunidades que a Seduc apresenta aos alunos e professores, como uma forma de incentivar ainda mais os estudantes. Para Fernanda, essa experiência vai agregar muito valor ao seu aluno. “Acredito que ele vai aprender muito na relação com os outros alunos, todos sedentos por mudanças e transformações sociais. Fico muito feliz porque o que os professores mais querem é construir uma educação pública de qualidade e mostrar que os alunos têm potencial. Isso faz com que eles reconheçam que têm muito a oferecer. A gente convida os jovens a serem lideranças políticas, que tenham a iniciativa de ocupar esse espaço”, disse.

Jovem Senador

Essa será a 10ª edição do Programa Jovem Senador, após dois anos sem realização, por conta da pandemia da covid-19. A iniciativa é do Senado Federal e tem o objetivo de fomentar a reflexão dos jovens estudantes quanto à política, democracia e exercício da cidadania. Podem participar, somente, alunos da rede pública estadual de ensino. Nesse sentido, o programa proporciona aos estudantes o conhecimento acerca da estrutura e do funcionamento do Poder Legislativo brasileiro e estimula o relacionamento permanente do jovem cidadão com o Senado Federal.

Em Sergipe, quase dois mil alunos participaram da seleção, por meio da redação cujo tema foi “200 anos de Independência: lições da história para a construção do amanhã”. Na etapa estadual, 22 redações foram semifinalistas, e o aluno Cauã Carvalho foi o grande vencedor.

Na Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), a coordenação estadual do Programa Jovem Senador está sob a responsabilidade do Departamento de Apoio ao Sistema Educacional/ Serviço de Apoio ao Desenvolvimento Estudantil (Dase/Seades), cuja coordenadora estadual é a técnica-pedagógica Nádia Cardoso. Segundo ela, durante a Vivência Legislativa, os participantes conhecerão todos os trâmites de como uma ideia se transforma em um Projeto de Lei (PL) até chegar a ser aprovada. Além disso, os alunos participarão de comissões temáticas e vão debater projetos de lei de sua autoria. Nádia explica que, se for aprovado, o projeto de lei poderá tramitar no Senado e até ser apadrinhado por algum senador ou deputado, ir para plenária e se transformar em lei.

“Acredito que Cauã vai adquirir muita maturidade como cidadão. Os alunos que participam sempre retornam mais cientes das suas responsabilidades em trazer coisas boas e transformar o Brasil. Além disso, Cauã vai conhecer Brasília e toda a história de como ela se transformou na capital do país. Outro ponto de destaque é que, como essa redação da seleção é feita no mesmo modelo do Enem, sempre as notas dos alunos que participam do programa são altas”, afirmou.

Quem também comemorou a seleção do aluno Cauã Carvalho foi Liliane Pina, diretora do Centro de Excelência Professor Gonçalo Rollemberg Leite. “Estamos em êxtase porque é a primeira vez que um aluno do Gonçalo chega a um resultado desse. Após dois anos de pandemia, os professores mantêm ainda o foco e sabem que os alunos têm potencial. A gente acredita demais nos nossos estudantes e nós sabemos que isso é mérito de todos da escola. Cauã jamais vai esquecer essa experiência, vai aprender bastante e levar tudo isso para o seu projeto de vida”, disse.

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter