Alunos das escolas públicas de Sergipe são medalhistas de ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA)

Eles foram pré-selecionados para as Olimpíadas Internacionais de Astronomia de 2022

Cinco alunos da rede estadual de ensino que participaram da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) foram pré-selecionados para a Fase Online dos Treinamentos de 2022, cujos selecionados irão compor as equipes brasileiras que participarão das Olimpíadas Internacionais de Astronomia de 2022. Dentre os cinco selecionados, quatro estudantes se classificaram para a fase online com medalha de ouro e um deles por conta da média.

Uma das medalhistas foi a aluna Shakira Alves de Melo, que estuda no 1º ano do Ensino Médio Integral no Colégio Estadual Prefeito Joaldo Lima de Carvalho, em Itabaianinha. Com apenas 15 anos de idade, a jovem vencedora desta fase disse que é a primeira vez que participa da Olimpíada. Ela conta que o que a motivou foi a vontade de querer ter novas experiências, e como estudou bastante para a competição, conseguiu a tão sonhada medalha de ouro.

“Isso é algo que me deixou muito orgulhosa, porque algumas pessoas pensam que, pelo fato de estudarmos em uma escola pública, não teremos um bom ensino. Só que muita gente está enganada. O aprendizado é ótimo. Para mim isso foi algo muito gratificante, e os professores são ótimos. O Ensino Médio em Tempo Integral vai ser uma experiência maravilhosa”, disse ela.

A jovem Shakira foi preparada pelas professoras Márcia Beatriz, de Química, e Karina Simões, de Matemática, que deram a ela todo o suporte nos estudos dos conteúdos relacionados a ciências e cálculos. Para Márcia Beatriz, a conquista da aluna é motivo de felicidade. “Isso nos dá a certeza de que estamos no caminho certo, apoiando os nossos estudantes a conhecerem um mundo novo, que é o mundo das olimpíadas, como essa de Astronomia e Astronaútica, que não são assuntos do cotidiano escolar. Essa medalha de ouro da aluna Shakira representa a conquista da escola pública, mas principalmente dos outros 20 estudantes que se dedicaram à preparação para a Olimpíada. E vê-los vibrando e sentindo parte dessa conquista faz com que eu acredite cada vez mais que a direção é esta: oportunizar a esses estudantes a participação em momentos como estes”, declarou.

Medalhistas pré-classificados

Além da aluna Shakira, também ganharam medalha de ouro os estudantes: Stephanie Lorrane de Souza Farias (Colégio Estadual Professor Abelardo Romero Dantas); Marcelo Fernando Rezende Neto (Escola Estadual Abdias Bezerra), e Giovanna Ribeiro Nunes da Paixão, da Escola Estadual Professor Nestor Carvalho Lima.

Marcelo Fernando Rezende Neto, da Escola Estadual Abdias Bezerra, também comemorou a medalha conquistada. “Eu já participo de olimpíadas desde o 5º ano do Ensino Fundamental. Desde pequeno, eu sempre me interessei por astronomia e gostava de olhar as estrelas a céu aberto. Conquistar essa medalha é algo muito satisfatório para mim”, disse.

Com 15 anos de idade, Giovanna Ribeiro disse que é muito importante. “Os meus resultados também incentivam os demais a estudarem e adquirirem sempre mais conhecimento”. Já o seu colega Rikelmer dos Santos Marciano não ganhou medalha, mas foi convidado a participar da nova fase por conta da média que tirou na OBA. Ele ressalta a preparação que teve com o professor de Física, José Menezes, que trabalhou com ele os assuntos que deveria estudar. “A olimpíada contém assuntos que não são passados em nenhuma escola, e a pessoa só consegue entender se estudar pela internet. Meu professor foi a pessoa que me deu o maior apoio. Ele me mandava provas anteriores e vídeos, e se eu tivesse alguma dúvida sobre alguma questão ou sobre uma passagem do vídeo, ele me tirava a dúvida. Ser aluno de escola pública e passar para as seletivas de maneira direta serve como uma representatividade para os outros estudantes começarem a ver que eles também são capazes de alcançar os seus objetivos”, afirmou.

O professor Jorge Monteiro, técnico do Serviço de Apoio ao Desenvolvimento Estudantil, da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seades/Seduc), comemora mais essa conquista dos alunos. “É com grande alegria que recebemos a notícia dos nossos alunos medalhistas na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica. Para nós, após um ano atípico, com muita dificuldade para os professores e gestores, que estão fazendo o máximo para que o trabalho remoto tenha êxito, alcançar esses resultados é extremamente gratificante. Parabéns aos nossos alunos, pelo empenho e dedicação que culminaram nessas conquistas”, declarou.

Assessoria de Comunicação da SEDUC – ASCOM

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta