Pular para o conteúdo
Início » Anderson de Tuca é contra realização de prova escrita para escolha de Conselheiros Tutelares 

Anderson de Tuca é contra realização de prova escrita para escolha de Conselheiros Tutelares 

Na tarde desta terça-feira (19), o vereador Anderson de Tuca se reuniu com a Comissão dos Conselheiros Tutelares para falar sobre o Projeto de Lei proposto pelo vereador Pastor Eduardo, que consiste em cobrar dos conselheiros conhecimentos específicos.

O vereador Anderson de Tuca concorda que a qualificação deve ser feita com quem foi eleito, já que é através de eleição e não exigir uma prova com os candidatos a caráter de eliminação. “Me reuni com alguns colegas parlamentares para explicar que não será benéfico esse tipo de seleção para a classe. Temos que lembrar que estamos em uma democracia, quem escolhe são as pessoas só distrito, quem mora na localidade, cobrar uma prova é ir de encontro a isso”, disse aos conselheiros.

Os próprios conselheiros realizaram um abaixo assinado, com 27 assinaturas, sendo contra a realização da prova escrita. “É claro que os membros do Conselho Tutelar devem desempenhar suas atribuições de forma adequada, mas isto se dará não com a exigência de “mil requisitos” quando de suas candidaturas, mas sim com a sua “capacitação”, com fulcro no artigo 133 do ECA”, dizem os conselheiros através do abaixo assinado.

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter