Pular para o conteúdo
Início » Após ter contas rejeitadas, partido de Daniele Garcia terá que ressarcir R$ 1mi

Após ter contas rejeitadas, partido de Daniele Garcia terá que ressarcir R$ 1mi

Presidido em Sergipe pela delegada Danielle Garcia, o Podemos teve contas rejeitadas pelo Tribunal Superior Eleitoral e será obrigado a ressarcir os cofres públicos em cerca de R$ 1,1 milhão, montante a ser atualizado.

O partido ainda foi condenado a pagar um valor adicional de R$ 83 mil por gastos que não foram esclarecidos. Os valores devem ser quitados pelo Podemos com recursos próprios.

Com a decisão, as cotas mensais do fundo partidário distribuídas ao partido de Danielle serão suspensas por dois meses, o que fará com que o Podemos deixe de receber R$ 6,4 milhões.

De acordo com o TSE, dentre outros problemas identificados pela equipe técnica da Corte, o partido não aplicou os 30% necessários do fundo eleitoral na cota de gênero nas eleições de 2018.

Segundo parecer da Procuradoria-Geral Eleitoral, foram destinados apenas 27% às candidaturas femininas pelo partido.

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter