Aracaju registra outubro com menor índice de roubos e furtos de veículos na região metropolitana

Dados consideram os últimos dois anos. Intensificação das abordagens e identificação de boletins de ocorrência falsos foram fundamentais para a diminuição dos casos

O mês de outubro apresentou a menor incidência de roubos e furtos de veículos em dois anos na região metropolitana de Aracaju. A informação foi constatada a partir de levantamentos feitos pela Divisão de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV), da Polícia Civil de Sergipe. A redução na incidência desses crimes é fruto do trabalho feito entre as polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal (PRF) e também do trabalho pericial desenvolvido pela Coordenadoria Geral de Perícias (Cogerp).

Segundo o levantamento feito pela DRFV, em outubro de 2021 foram registrados 67 casos de roubos e furtos de veículos na grande Aracaju. O levantamento indicou que este mês de outubro foi o período com menor incidência nos últimos dois anos. Os veículos mais visados pelos criminosos são as motocicletas, seguidos dos automóveis.

De acordo com o delegado Kassio Viana, em 2021 houve um período de aumento dos casos, mas com a intensificação das ações policiais, passaram a ocorrer novas reduções na quantidade de veículos roubados ou furtados. “Tivemos um pico nos meses de maio e junho, mas a partir de julho reduzimos, e no mês de outubro conseguimos o número histórico para esses últimos dois anos. Esperamos que continue assim até o final do ano e que seja uma tendência para 2022”, detalhou.

Ainda conforme o delegado, as prisões dos investigados pelas práticas de roubo e de furto de veículos é um fator primordial para a significativa redução da incidência da criminalidade. Os grupos responsáveis por esses crimes tendem a reincidir na mesma prática. “Estamos conseguindo prender muitas pessoas envolvidas em roubos e furtos de veículos. Com um trabalho integrado e com o reforço do policiamento feito pela Polícia Militar nas áreas mais complicadas, estamos conseguindo reduzir bastante esses indicadores”, destacou.

O coronel José Moura Neto, comandante do policiamento militar da capital, mencionou que a queda na incidência de roubos e furtos de veículos também é fruto da integração entre as forças de segurança pública.  “Quando há roubo ou furto de um veículo, os autores do crime levam um patrimônio valioso do cidadão. Diante disso, fizemos ações para coibir e prender os autores desses crimes. Muitas vezes esses veículos são utilizados em roubos e tentamos coibir essas ações de furtos e roubos de carros e motocicletas. Temos combatido esse tipo de delito com apoio de diversas unidades da segurança pública. É um trabalho em conjunto, com a Polícia Civil e com a Cogerp, que tem surtido efeito”, reiterou.

Kassio Viana também revelou que a identificação de boletins de ocorrência falsos também tem contribuído para a queda nos números de roubos e furtos de veículos. “Estamos identificando vários casos de falso boletim de ocorrência, ou para evitar multa ou para dar golpe em seguradora. Muitos desses casos não são roubos e furtos de veículo, são registros falsos. Se investigarmos cada vez mais e constatar todos os casos de fraudes, esses números irão cair ainda mais”, revelou.

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *