Pular para o conteúdo
Início » Bazar Desapegue.Aju retoma na versão física ao Shopping RioMar

Bazar Desapegue.Aju retoma na versão física ao Shopping RioMar

Bazar chega nesta quinta-feira (4), com mais de 3 mil itens do vestuário feminino, infantil e masculino adulto

A partir desta quinta-feira, 4 de julho, o RioMar Aracaju abre suas portas para receber pela segunda vez, a versão de loja física do Desapegue Aju e Desapegue Aju Kids. O bazar atua no mercado digital há cerca de 2 anos e comercializa peças de luxo e seminovas para reuso, além de roupas com etiqueta.

Sob a curadoria de Raquel Aragão, o espaço disponibiliza um portfólio variado, com cerca de 3 mil itens, composto por peças do vestuário feminino e acessórios como sapatos, bolsas, bijuterias e roupas infantis. Nesta edição, o bazar traz como novidade roupas masculinas adulto, com peças etiquetadas da loja.

Para quem aprecia comprar em brechós, a loja física do Desapegue Aju no RioMar Shopping é uma boa oportunidade de renovar o guarda-roupa com peças novas e seminovas, gastando bem menos.  Além da economia, o hábito alcança uma comunidade que procura por soluções mais sustentáveis no dia a dia, através do consumo consciente baseado no equilíbrio do meio ambiente.

O espaço físico do Desapegue Aju fica localizado no segundo piso do shopping, ao lado da loja Aramis e funciona de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos e feriados, das 14h às 20h.

Moda e sustentabilidade

A adoção do consumo consciente apoiado na sustentabilidade, já é uma tendência que movimenta a moda no Brasil. O conceito de adquirir peças do vestuário com segundo ou até terceiro uso, tem atraído cada vez mais a atenção do consumidor para a prática dos 3Rs: reduzir, reutilizar e reciclar, comportamento que visa a diminuição do impacto do lixo têxtil e das sacolas plásticas na natureza.

“A essência da nossa startup é sustentável, já que o reuso das peças amplia o tempo de vida da roupa e com isso promove um impacto ambiental positivo. Além disso, passamos a cobrar uma taxa adicional por sacola plástica, na tentativa de estimular o uso das ecobags que, com os devidos cuidados, podem durar até 5 anos”, pontua Raquel Aragão, curadora da Desapegue Aju.

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter