Breno Garibalde: “A revisão Plano Diretor é necessária e demanda união de todas as partes”

Nesta quinta-feira (30), o vereador Breno Garibalde esteve reunido com o presidente da Câmara Municipal, Nitinho Vitale e representantes de entidades da arquitetura e urbanismo. A reunião teve como objetivo debater os trâmites do processo do Plano Diretor de Aracaju, assim que a minuta chegar na casa legislativa.
Para Breno, que também é arquiteto e urbanista, além de presidente da Comissão de Obras da CMA, o momento é de união para dar continuidade ao Plano, fazendo as adequações necessárias.
“Cada um tem que fazer suas contribuições para que a gente consiga construir um Plano Diretor que realmente funcione. E isso não vale somente para os técnicos, mas principalmente para a população em geral, que será a mais impactada por ele”, declarou.
A lei, que é uma das mais importantes do município, está desatualizada há mais de 20 anos.
“É o Plano Diretor que diz como a cidade vai crescer e de que forma isso vai acontecer. Ele também vai regulamentar a oferta de habitação, emprego, transporte público, calçadas, preservação de áreas de interesse ambiental, e por ai vai. Por isso que é muito importante darmos continuidade a essa revisão, com a consciência de que todos deverão ceder um pouco, em prol de um bem comum”, disse Breno.
Ainda de acordo com o parlamentar, a reunião foi muito positiva e uma  equipe de trabalho será designada para acompanhar toda a tramitação do processo, garantido que ele ocorra de forma transparente e participativa.
“Tivemos um diálogo bem interessante, onde todos colocaram suas preocupações e sugestões, para que a gente possa caminhar de forma harmônica e rumo ao interesse maior: o bem-estar da cidade e das pessoas”, finalizou.
Participaram da reunião: o presidente da Câmara de Aracaju, Nitinho Vitale; o líder da situação na casa, Professor Bittencourt; o superintendente de Relações Institucionais, Jorginho Araújo; a presidenta do Conselho de Arquietura e Urbanismo de Sergipe, Heloísa Diniz; os representantes dos mandatos das vereadoras Ângela Melo e Linda Brasil, e o representante do movimento social ‘Tudo para Todos’, Vinícius Oliveira.

Deixe uma resposta