“Cadê o Hospital de Campanha?”, questiona Rodrigo Valadares

Assustado com o número de mortes, o rápido crescimento no número de pessoas infectadas por covid-19 e a lotação nas UTIS em Sergipe, o Deputado Estadual, Rodrigo Valadares fez questionamentos sobre o Hospital de Campanha.

“A gente se pergunta, agora que os casos estão se agravando e muito, agora que a gente está com as redes particulares já colapsadas e a rede pública em iminência do colapso, cadê os hospitais de campanha? Para que foram feitos os hospitais de campanha? Foram verdadeiramente para cuidar de vidas?”.

Para o parlamentar, o Hospital de Campanha serviu, na verdade, para conquistar o voto do eleitorado, enganando a população e a abandonando neste momento crítico.

“Infelizmente, o Hospital de Campanha, principalmente em Aracaju, foi um hospital para a campanha eleitoral, único e exclusivo para uma jogada de marketing. Foi um hospital que atendeu poucos pacientes, gastou milhões e milhões e não tinha um leito de UTI, não tinha respiradores de maneira adequada e a gente vê que, naturalmente, foram medidas para conquistar aqueles votos na eleição”, disse.

Entristecido, o deputado lamenta a situação no Estado. “A gente fica muito preocupado em ver esse grupo político que domina o Governo do Estado e a Prefeitura de Aracaju há muitos anos basear sua gestão pública apenas para manter-se no poder”.

 Hospital de Campanha  

Os Hospitais de Campanha foram instalados em todo o mundo, em um grande movimento global de combate ao novo coronavírus, com o objetivo de desafogar o sistema tradicional de saúde.

Na capital Sergipana, o hospital ficou ativo por menos de 4 meses, gastando mais de R$ 3,2 milhões e atendendo, no total, 461 pessoas, tornando-se ainda alvo de investigação da Polícia Federal.

Por Assessoria de Imprensa

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta