Pular para o conteúdo
Início » Câmara Municipal de Umbaúba aprova piso salarial dos agentes da Saúde

Câmara Municipal de Umbaúba aprova piso salarial dos agentes da Saúde

Os vereadores umbaubenses deram uma pausa no recesso parlamentar e participaram na manhã desta terça-feira, 19, de uma Sessão Extraordinária. A reunião convocada pelo presidente da Câmara Municipal de Umbaúba (CMU), Gutto Prado (MDB), abordou o Projeto de Lei nº 42/22, que dispõe sobre o piso salarial nacional para os cargos de Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate às Endemias (ACE), conforme determina a Emenda Constitucional nº 120/2022.

Com a presença da classe no plenário, o presidente destacou que de imediato, assim que ofício chegou na Casa, convocou a reunião para que de forma célere o PL fosse aprovado. “O papel de nós, quanto vereadores deste Município, é lutar pelos direitos do nosso povo. Esta Casa sempre está de mãos dadas ao povo umbaubense. Nós sabemos da importância desse trabalho na comunidade e sabemos, também, da contribuição na qualidade de vida dos munícipes”, enfatizou.

Na tribuna, o vereador Moisés Augustinho (Cidadania) ressaltou a importância de ambas as classes para a área da Saúde do Município e como é fundamental o apoio dos poderes. “Tratar o servidor com paridade é muito importante, porque dentro da categoria não vai existir nem ciúme, nem divisões e o trabalho vai ser executado ainda mais com garra e com vontade. Espero que vocês acompanhem ainda mais os trabalhos desta Casa, estamos aqui com 100% de presença dos parlamentares para aprovar esta importante conquista da categoria”, explicou.

De acordo com o vereador Silveira da Matinha (MDB) a sessão desta terça teve o propósito de dar uma parcela da contribuição à categoria pelo trabalho que vem sendo feito nas comunidades do Município. Silveira aproveitou a oportunidade para agradecer ao prefeito, Humberto Santos Costa, e a secretária de Saúde, Dayse Santana, por não colocar nenhum empecilho nas reivindicações dos agentes.

O PL que fixa o pagamento de R$ 2.424,00 (dois mil quatrocentos e vinte e quatro reais) será pago retroativamente a partir do dia 5 de maio de 2022. Desta forma, agora aprovado, o texto segue para a sanção do chefe do Executivo.

Texto e foto: Ascom CMU

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter