Pular para o conteúdo
Início » CMA aprova PL de Dr. Manuel Marcos sobre doação de sangue e medula óssea

CMA aprova PL de Dr. Manuel Marcos sobre doação de sangue e medula óssea

Foi aprovado na manhã desta quarta-feira, 26, na Câmara Municipal de Aracaju (CMA), o Projeto de Lei de autoria do vereador Dr. Manuel Marcos (PSD) que trata sobre a criação da Campanha de Conscientização, Valorização e Incentivo da Doação de Sangue, Plaquetas e Medula Óssea no município de Aracaju.
A proposta, aprovada em primeira discussão, objetiva divulgar, incentivar, e valorizar a doação de sangue, plaquetas e medula óssea para fins terapêuticos e científicos, observando os princípios éticos e legais e as instruções do SUS (Sistema Único de Saúde).
De acordo com Dr. Manuel Marcos, existe um déficit nos bancos de sangue do Estado e a futura legislação visa solucionar o problema. “Cada doação pode salvar até quatro vidas. Com a pandemia os estoques de sangue do Hemose ficaram abaixo dos 50% de sua capacidade. Eu sou médico, trabalho com cirurgias que precisam de sangue, sei o quanto é importante garantir e estimular a população para o tema”, explanou o parlamentar.
Sobre o que se refere à medula óssea, a medida prever também a doação voluntária, visando à ampliação das possibilidades de localização de doadores compatíveis. “O transplante de medula óssea pode beneficiar o tratamento de cerca de 80 doenças em diferentes estágios e faixas etárias, principalmente pessoas jovens que sofrem com a deficiência na produção de plaquetas”, alertou o médico.
Dr. Manuel Marcos explicou quem pode ser doador. “Para doar é preciso estar bem de saúde, ter idade entre 16 a 69 anos, peso acima de 50 Kg e comparecer ao órgão bem alimentado, portando um documento de identificação original e oficial. Menor de 18 anos deve apresentar o termo de autorização assinado pelos pais ou responsável legal”, pontuou.
Para virar lei, o projeto ainda precisa passar pela segunda e terceira discussão, além da redação final. A Secretaria Municipal de Saúde será responsável pela implantação e cadastramento dos doadores e receptores do município.

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter