Conselho de Psicologia promove ações em alusão ao ‘Mês da Visibilidade Lésbica’

O Conselho Regional de Psicologia de Sergipe – CRP19, por meio do Grupo de Grupo de Trabalho (GT) em Gênero e Diversidade Sexual promove minicursos, totalmente gratuitos e com emissão de certificado, em alusão ao Mês da Visibilidade Lésbica.

“Foram escolhidos temas pertinentes e atuais às pautas lésbicas. Queremos muito a presença de todes. Teremos nomes da psicologia e outras áreas contribuindo voluntariamente”, explica a Conselheira Camila Mireli Calaça de Sá (CRP 19/3335),  uma das coordenadoras do GT Gênero e Diversidade Sexual.

O primeiro minicurso, marcado para esta quinta-feira, 05 de agosto, às 20h, vai abordar “A Violência e o sofrimento psíquico no contexto familiar das mulheres lésbicas”.

“O tema foi sugerido em reunião com o GT de Saúde Mental e Gt Relações Interétnicas. Pensando que as mulheres lésbicas passam pelo crivo do machismo, misoginia e lesbofobia, além do racismo e classismo, se viu necessário abordar transversalmente os diversos fatores que afetam a saúde mental das mulheres lésbicas, juntamente com esses recortes”, informa Calaça.

O minicurso será estruturado a partir da teoria e da vivência de mulheres que percebem e vivenciam violências estruturais, mas que buscam estratégias de enfrentamento à lesbofobia em seus lares e fora deles também. As convidadas são as psicólogas sergipanas, Hanna Barbara de A. Barbosa – CRP 03/22020 | 19/IS 126, psicóloga da Proteção Social Especial, Especialista em Psicologia e Sexualidade e Mestranda da UFS, desenvolvendo trabalhos sobre parentalidade homoafetiva e psicologia perinatal e Dayanne Souza Figueiredo (CRP 19/2392 – Psicóloga Clínica, professora universitária,  membra da Comissão de Direitos Humanos do CRP19,  Pós Graduada em Neuropsicologia e psicologia jurídica e Mestra em Psicologia Social – UFS.

Para fazer inscrição basta acessar o link na bio @gt_generoesexualidades. São 50 vagas.

Outros três encontros em ambiente virtual estão confirmados. Na quarta-feira, 11, o tema será “Maternidade lésbica”. No dia 17, terça-feira, o debate será sobre “Vivência das mulheres lésbicas negras: entre a solidão e os afetos” e no encerramento das atividades, dia 23 de agosto, a abordagem será sobre “Representatividade lésbica na Psicologia”.

Além dos debates, a iniciativa do Mês da Visibilidade Lésbica, que conta com o apoio da Comissão de Direitos Humanos do CRP por meio dos GT´s Relações Interétnicas e de Saúde Mental, abre espaço para solidariedade. Em uma ação voluntária, os participantes podem doar alimentos e produtos de higiene que serão entregues ao Coletivo Nós – Coletivo de Mulheres Antiproibicionista de Sergipe, que ajudará mulheres em estado de vulnerabilidade social.

Assessoria de Comunicação | CRP19

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta