Covid-19: rigor no planejamento permite a Aracaju alcançar metas de vacinação

Desde os primeiros rumores a respeito da disponibilização da vacina contra covid-19 surgirem, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), estruturou que a logística fosse prontamente arquitetada para, assim que a vacina chegasse, a população começasse a ser imunizada.

Hoje, após pouco mais de dois meses de iniciada a campanha de imunização, Aracaju figura entre as capitais que alcançaram um maior percentual de vacinados, pois 9,27% da população aracajuana já receberam o imunizante.

Dentro deste percentual, a capital sergipana atinge, ainda, outras metas significativas, especificamente nas faixas etárias contempladas, até aqui, pela vacinação. Ao todo, 61.698 pessoas já receberam a primeira dose da vacina e, dessas, 15.406 já tomaram a segunda dose do imunizante.

De acordo com o último relatório da SMS, a respeito da vacinação, algumas faixas etárias, inclusive, superaram as metas estabelecidas pela gestão municipal, as quais foram definidas pela Prefeitura com base nos parâmetros da campanha de vacinação contra a Influenza do ano passado.

A faixa etária de 80 a 89 anos, por exemplo, chegou a 114,4% de idosos vacinados. Já os de 90 anos ou mais, alcançou 110,4%. Idosos de 75 a 79 anos chegaram a 105%. No caso dos idosos acamados, a faixa etária dos 60 a 69 anos bateu 120,48%.

“Com esses dados, podemos interpretar que a população tem atendido ao chamado. Os números mostram que estamos cumprindo com as metas estabelecidas. Isso é muito bom porque esperamos ver esse impacto na redução do adoecimento das pessoas porque, quanto mais pessoas vacinadas, perceberemos a redução de pessoas adoecidas e também redução de casos de agravamento da doença. Continuamos convidando a população para que, dentro da faixa etária, se vacine”, aponta a secretária municipal da Saúde, Waneska Barboza.

Todo plano de vacinação, independente de ser relacionado à pandemia de coronavírus, tem como parâmetro o Plano Nacional de Vacinação, criado pelo Ministério da Saúde (MS), uma vez que se trata da administração de um insumo estratégico para o Governo Federal.

Assim, quando o MS encaminha um número determinado de doses, é solicitado que os municípios registrem o uso desses insumos em um sistema eletrônico nacional, como forma de comprovar o uso correto.

Publicidade:

Inclusive, no quesito comprovação, Aracaju também tem sido destaque e o Ministério Público Federal (MPF/SE) reconheceu que a capital sergipana é um dos municípios que garantem total transparência no plano de vacinação contra covid-19.

Logística
Baseado nas diretrizes do Governo Federal cabe aos municípios traçar estratégias específicas para a população de cada cidade. Em Aracaju, a logística montada pela Prefeitura tem dado celeridade à imunização, de acordo com o que recebe da esfera nacional.

“É preciso ressaltar, contudo, que a Prefeitura tem garantido a vacinação, tem estruturado a rede e os profissionais, porém, a grande questão é que tem chegado pouca vacina. Mas, o saldo positivo é que a população tem se vacinado e a Prefeitura tem reunido esforços, nos mais diversos aspectos, para garantir que tenhamos vacinas e que, brevemente, a população possa estar vacinada e, assim, mais tranquila”, frisa Waneska.

A gestora acrescenta ainda que a logística ágil e eficiente do Plano Municipal de Vacinação possibilitou que o calendário de vacinação fosse antecipado. Na segunda-feira (29), a Prefeitura antecipou o cronograma de imunização, que foi expandido para atender idosos a partir de 66 anos.

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta