Defensor do liberalismo econômico, Leonardo Lisboa, quer uma vaga na Câmara de Aracaju

Filiado ao Patriota de Emília Corrêa, o jovem professor apresenta, em entrevista exclusiva ao Imprensa24h, as principais motivações de sua pré-candidatura ao cargo de vereador da capital.

O professor Leonardo Lisboa, presidente do Instituto Liberal de Sergipe, está decidido a disputar um assento na Câmara Municipal de Aracaju. O motivo, explica ele em entrevista exclusiva ao Imprensa24h, é “dar um passo adiante no ativismo político” e ser uma opção “aos que não suportam mais os mandos e desmandos da Câmara Municipal de Aracaju”.

Ativista da direita, para tentar chegar à Câmara Leonardo filiou-se recentemente ao Patriota, partido já representado no parlamento municipal de Aracaju pela vereadora Emília Corrêa. Ambos articulam aliança com o grupo do Cidadania em Sergipe com vistas ao processo eleitoral deste ano.

Na entrevista a seguir, o professor Leonardo Lisboa falará sobre sua relação com o PSL, suas bandeiras de luta e o que pretende apresentar ao eleitorado aracajuano durante a campanha eleitoral que se avizinha.

Confira na íntegra:

O que te motivou a lançar a pré-candidatura?

A razão principal foi a falta de representatividade na política Aracajuana, não consigo visualizar um vereador que defenda as pautas que acredito serem benéficas para o desenvolvimento da sociedade. A maior parte dos que lá estão apenas se preocupam com seus próprios interesses e em servir o executivo em busca de cargos, benesses e vantagens indevidas. Penso eu que é chegada a hora de dar um passo adiante no ativismo político e me colocar como uma opção para os Aracajuanos que não suportam mais os mandos e desmandos da Câmara Municipal de Aracaju e da falta de sensibilidade para com os problemas da população.

O que você pretende mudar se for eleito?

Caso eleito pretendo atuar principalmente em três pautas. A educacional, como professor. Eu entendo que o ensino de qualidade é a mola propulsora para o desenvolvimento, mas infelizmente a educação de base está sendo negligenciada e deturpada por falsos “especialistas educacionais”, indivíduos que estão buscando corromper as crianças através da ideologia de gênero e de outras ideias contrárias ao pensamento de boa parte dos pais Aracajuanos que é majoritariamente cristã. Além do mais, buscarei atuar na geração de empregos, facilitando o empreendedorismo e reduzindo a interferência do estado na vida dos comerciantes e por último e não menos importante, tenho como um dos compromissos de campanha combater vividamente os privilégios políticos e me colocar como um servidor da população e resgatar a moralidade na vida pública que anda tão esquecida nos últimos tempos.

Qual a sua ligação com Instituto Liberal de Sergipe?

Eu sou um dos membros fundadores do Instituto Liberal de Sergipe, que tem como missão: difundir as ideias de liberdade no estado de Sergipe promovendo eventos, grupos de estudo e debates no ambiente acadêmico e em outros espaços de representatividade. E essa tem sido minha missão nos últimos anos como um ativista político. Fica aqui o convite a todos que lerem esta entrevista para acompanhar nossa página no Facebook e ficar por dentro de nossas ações.

Por qual partido pretende ser candidato?

Na semana passada eu estive reunido com a vereadora Dra. Emília Corrêa e com o presidente do partido Patriota para concluir meu processo de filiação.

Qual candidato majoritário o senhor pretende apoiar? 

Ainda é muito cedo para apontar um nome em definitivo, eu sei assertivamente quem não irei apoiar. Mas sem fugir da pergunta, eu sou muito simpático ao movimento político construído entre o partido Cidadania e o Patriota que estão na busca de um nome forte para disputar a prefeitura nesse ano. Posso afirmar que meu apoio será condicionado para os nomes que saírem desse agrupamento.

Qual a sua relação com o PSL?

Nunca tive envolvimento algum com o PSL, conheço vários amigos que estavam na antiga gestão e que foram “convidados” a se retirar por conta do caminho que o partido seguiu aqui no estado. O PSL em Sergipe é um partido que foi rifado para um certo grupo político e que hoje está à deriva buscando um porto para chamar de seu.

O que você falaria para seus possível eleitores hoje?

Se assim como eu, você está cansado de não encontrar representatividade na Câmara Municipal de Aracaju, não suporta mais a interferência do estado na sua vida e tão pouco concorda com a imoralidade que invadiu a vida pública em nossa cidade, convido-lhe a conhecer meu trabalho e a somar-se nessa luta por uma Aracaju mais próspera e digna. Um vereador tem a função de legislar, fiscalizar e representar, e é isso que farei caso eleito seja.

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes :

Facebook
Instagram
Twitter

 

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta