Deso em Sergipe atende critérios em marco regulatório e ganha destaque

Nesta semana, a consultoria GO Associados calculou e analisou quantas das principais estatais do setor de saneamento no Brasil atendem aos novos critérios definidos na nova lei e, dentre a 60% que possuem contas boas, esteve a Deso de Sergipe, que atende aos quatro critérios previstos no novo marco regulatório do saneamento, que comprovam a sua auto sustentabilidade financeira.

Trata-se de recortes que verificam o nível de lucratividade, endividamento e geração de caixa da empresa e que, com isso, avaliam se, na maneira como está, a operação gera recursos suficientes para investir ou para ter crédito aprovado junto aos bancos públicos e privados.

Os critérios avaliados foram:

  • margem líquida de lucro superior a zero (lucro líquido, descontado da depreciação e da amortização, dividido pela receita total);
  • índice de grau de endividamento inferior ou igual a um (passivos em relação aos ativos totais);
    índice de retorno sobre patrimônio líquido (ROE, em inglês) superior a zero (lucro líquido em relação ao patrimônio líquido);
  • índice de suficiência de caixa superior a um (arrecadação total em relação às despesas operacionais, financeiras e tributárias).
  • Esses recortes, explica Oliveira, da GO Associados, indicarão se ela é lucrativa, não está altamente endividada (com uma dívida maior do que o valor total de seu patrimônio) e tem dinheiro disponível em caixa, que é uma das principais condições para investir ou conseguir financiamentos.

 

Confira matéria completa no CNN Brasil: https://www.cnnbrasil.com.br/business/2021/06/09/40-das-estatais-de-saneamento-tem-contas-ruins-e-podem-ser-privatizadas.

 

 

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Publicidade:

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta