Dia das Mães: Edinaldo Roseno comemora a data com duas mães pela primeira vez

O segundo domingo de maio é muito esperado por todos, é o Dia das Mães. Segunda data mais importante do calendário das datas comemorativas do Brasil, fica atrás apenas do Natal.

Neste domingo (9), Edinaldo Roseno teve muitos motivos para comemorar. Pela primeira vez, ele passou a data especial com duas mães.

Filho adotivo
Ele nasceu em Penedo, no interior de Alagoas, foi registrado em Neópolis, em Sergipe e aos quatro anos de idade saiu dos braços da sua família biológica e foi levado para o município de Itabaiana por um casal.

Mal tratado, foi observado por Dona Zoraide Oliveira que pediu para adotar a criança ao casal que se passava por pais de Edinaldo, mas não era. Após muita insistência, ela conseguiu convencer e levou Edinaldo para casa.
“Ele estava muito desnutrido e precisava de cuidados especiais. Adotei ele e foi uma das melhores coisas que fiz na vida. Dei todo o meu amor e hoje recebo tudo em dobro. Não tem diferença entre ele e meus filhos biológicos. Edinaldo é meu companheiro da vida toda. Adotar é um ato de amor. Quem puder, faça o mesmo e nunca vai se arrepender”, disse dona Zoraide.

Edinaldo cresceu muito acolhido e feliz com a família mas sempre teve o desejo de conhecer a família biológica e saber o que aconteceu exatamente.

Reencontro
Em 2014, ele fez uma homenagem a Dona Zoraide em uma reportagem especial do Dia das Mães do G1 e em fevereiro deste ano, a irmã biológica dele, Auristela Roseno, teve acesso a matéria e logo foi em busca do irmão na internet.

“Sou mais nova mas sempre soube que tinha um irmão que foi levado por um casal. A vontade de conhecer e estar perto dele sempre foi muito grande. Toda a minha família sempre esperou por este momento mas como somos indígenas, e com poucos recursos, dificultou o nosso acesso a internet. Quando encontrei a matéria fiquei muito emocionada e logo fui atrás dele através das redes sociais e foi tudo muito rápido. Começamos a ter o contato e não tivemos dúvida que era ele”, estamos muito felizes com esse encontro.

O primeiro encontro ocorreu em março deste ano em Itacuruba, no interior de Pernambuco, e a emoção tomou conta.

“Realizei meu sonho de conhecer eles. Ganhei mais uma família e estou muito feliz. Sempre tive esse desejo e nunca deixei de procurá-los. Nunca desanimei e nunca desisti. Tudo tem o tempo certo de Deus e precisamos respeitar e aguardar a hora certa.

Maria das Graças Silva que é a mãe biológica de Edinaldo comemorou o reencontro com o filho após 36 anos.
“Fui enganada e levaram meu filho. Agora ele está de volta e sou muito grata a família que cuidou dele em Itabaiana. Estamos todos juntos de novo e foi uma grande alegria ver meus filhos juntos de novo”, vibra.

Este domingo é muito especial para todos eles, Edinaldo vai passar o primeiro dia das mães com suas duas mães. Ele está em Itabaiana com Dona Zoraide e vai homenagear a mãe Maria das Graças através de ligações e videochamadas.

“Sou muito grato a Deus por este momento que eu sempre desejei. Dona Zoraide é o amor da minha vida, minha mãe e minha amiga. Pessoa linda que me abraçou com todo amor e construímos essa relação linda de muito companheirismo e admiração. Aprendi tudo com ela. E agora ganhei a mãe Maria das Graças que sempre procurei e estou muito feliz. Ainda ganhei meu pai, Aguinaldo Roseno e meus irmãos Auristela, Carlinhos e Antônio além de muitos sobrinhos. Desejo um feliz Dia das Mães para todos”, comemora.

Deixe uma resposta