Edvaldo Nogueira participa de entrega de cestas e assinatura de convênio entre os governos estadual e federal

O prefeito Edvaldo Nogueira participou, na manhã desta segunda-feira, 16, ao lado do governador Belivaldo Chagas e do ministro da Cidadania, João Roma, de uma solenidade para entrega simbólica de 3 mil cestas básicas a 23 comunidades de municípios sergipanos. Em Aracaju, será contemplada a comunidade quilombola Maloca. Intitulada “Isso é Cidadania”, a ação incluiu assinatura de convênio entre os governos estadual e federal para  liberação de recursos para o programa “Alimenta Brasil” – cerca de R$ 3,8 milhões -, cujo objetivo é abastecer famílias em situação de vulnerabilidade com a distribuição gratuita de leite, além do fortalecimento da agricultura familiar.

“Vivemos tempos de muitas dificuldades, de crise econômica, de pandemia, de  redução do emprego e de aumento  das pessoas em situação de vulnerabilidade, com pessoas nas ruas, inclusive.  A presença do Ministério da Cidadania, que vem ao estado trazendo essas cestas, é algo muito importante, especialmente para ajudar no combate à fome e à miséria”, destacou Edvaldo, que fez a entrega simbólica de cesta básica a um dos representantes da comunidade Maloca.

Em sua participação, o prefeito frisou, ainda, que a presença do ministro em Sergipe  representa “a somação de esforços, dos entes federativos, para vencer esta fase enfrentada pelo país”. Este momento de retomada do desenvolvimento econômico, é o momento de darmos as mãos para que possamos recuperar a economia do nosso país, para que possamos ajudar as pessoas que estão sofrendo. Por isso, nos enche de esperança e orgulho a presença do ministro aqui, principalmente por ser um nordestino, da Bahia, ocupando um ministério tão significativo para a população”, salientou.

Do mesmo modo, o governador Belivaldo Chagas ressaltou que “é unindo forças, contando com o apoio do governo federal e com iniciativas sociais que vamos superar este momento de dificuldade”. “Estes programas se unem a outras ações que o Governo do Estado já desenvolve com a mesma finalidade. Aproveito para agradecer, mais uma vez, ao governo federal. Sergipe tem feito sua parte, tem sido exemplo para o Brasil e seguiremos trabalhando para a melhoria de vida das pessoas”, afirmou.

O ministro da Cidadania, João Roma, enfatizou que a estimativa é de que, até o final do ano, Sergipe receba até 100 mil cestas básicas. O representante do governo federal também expressou sua “felicidade” por vir ao estado para a iniciativa. “Sei que o desafio da nossa região do Nordeste é ainda maior, por isso, chego a Sergipe com muita alegria para participar deste evento, um ambiente muito familiar para mim, já que sou pernambucano de nascimento e baiano por adoção” manifestou, continuando.

“Nossa missão é, cada vez mais, estender as mãos para as pessoas que mais precisam. Estamos agindo para ajudar milhões de brasileiros neste momento da pandemia. Estamos trazendo o PAA Leite, focado na primeira infância, e, com ele, garantiremos um litro de leite para cada família. Isso fará diferença para aumentar a capacidade nutricional da criança . Também estamos trazendo a distribuição de cestas básicas para assegurar alimento a quem precisa”, completou o ministro.

Brasil Fraterno

As cestas básicas foram adquiridas por meio da iniciativa “Brasil Fraterno”, uma rede de solidariedade instituída pelo Ministério da Cidadania com o objetivo de promover a segurança alimentar para famílias em situação de vulnerabilidade social, especialmente durante a pandemia do novo coronavírus. No estado, a ação conta com a parceria do Sistema Faese/Senar em Sergipe e beneficia 23 comunidades de 15 municípios.

Além da comunidade quilombola Maloca, em Aracaju, serão contempladas: comunidades Mocambo, em Aquidabã; Pontal da Barra, na Barra dos Coqueiros; Rua dos Negros, em Canindé de São Francisco; Fazenda Pirangi, Terra Dura e Coqueiral e Canta Galo, em Capela; Povoado Forte, em Cumbe; Bongue, em Ilha das Flores; Desterro, em Indiaroba; Ladeiras, em Japoatã; Mussuca, em Laranjeiras; Aningas, em Pirambu; Serra da Guia, em Poço Redondo; Lagoa do Junco, em Poço Verde; Quebra Chifre/Bela Vista, em Riachuelo; e Bode, Cajazeiras, Crasto, Pedra D’ Água, Pedra Furada, Rua da Palha e Taboa, em Santa Luzia do Itanhi.

Alimenta Brasil

Durante o evento, também foi assinado convênio entre os governo estadual e federal para a liberação de R$ 3,8 milhões para o programa “Alimenta Brasil”, na modalidade Incentivo à Produção e ao Consumo de Leite. A proposta é contribuir para o abastecimento alimentar de famílias em situação de vulnerabilidade com a distribuição gratuita de leite, além de incentivar a produção do alimento por agricultores do estado, fortalecendo o setor produtivo local e a agricultura familiar.

Também foi realizada a entrega de um veículo à entidade Nossa Senhora da Glória – Fazenda da Esperança São Miguel – que atua no município de Lagarto, na recuperação de dependentes químicos em Sergipe.

Acompanharam a solenidade a vice-governadora Eliane Aquino, a vice-prefeita Katarina Feitoza, os deputados federais Fábio Mitidieri, Fábio Reis, Laércio Oliveira, Gustinho Ribeiro e Bosco Costa,  o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Luciano Bispo, os deputados estaduais Zezinho Sobral, Luciano Pimentel e Adailton Martins, os vereadores Vinicius Porto e pastor Eduardo Lima, o ex-deputado federal André Moura, as prefeitas Hilda Ribeiro, Esmeralda Leal, Silvany Mamlak, os prefeitos Louro Vieira, Adinaldo Nascimento, Guilherme Melo, Otávio Sobral e Alberto Macedo.

Fotos: Ana Lícia Menezes/PMA

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta