Pular para o conteúdo
Início » Em Aracaju mais de 7.600 alunos e professores já foram vacinados nas Escolas da capital

Em Aracaju mais de 7.600 alunos e professores já foram vacinados nas Escolas da capital

A campanha de vacinação contra a covid-19 e influenza, desenvolvida pela Prefeitura de Aracaju, já vacinou, nas escolas do Município, 5.880 pessoas contra covid e 1.763 contra a influenza, totalizando 7.643 alunos e professores. A imunização nas unidades de ensino foi resultado de uma parceria entre as secretarias municipais da Saúde (SMS) e da Educação (Semed), através do Programa Saúde na Escola (PSE).
O calendário de vacinação nas escolas municipais foi iniciado em 7 de março, dia em que o ano letivo 2022 na rede municipal de ensino começou, e finalizada, temporariamente, no dia 18 de julho, devido às férias escolares que seguem até o dia 1º de agosto.
A vacinação ocorreu, primeiramente, com a campanha de influenza e, depois, as equipes também passaram a vacinar contra a covid-19.
“Esta estratégia na vacinação das escolas, foi muito importante para alavancar os índices de cobertura vacinal na capital, além de alcançar mais crianças em idade propícia para receber a imunização contra a influenza, nossa equipe também aplicou vacinas contra a covid-19 em alunos e professores”, explica a coordenadora de imunização, Larissa Ribeiro.
Dados 
O fruto desse esforço foi o alcance de 25.711 crianças vacinadas contra a influenza, quantitativo que representa 70,43% crianças imunizadas, e 5.104 professores vacinados, número que representa 69,89% professores imunizados em Aracaju.
Já contra a covid-19, são 75,90% de crianças entre 5 e 11 anos vacinadas contra a covid-19 em Aracaju, o que representa 47.124 crianças imunizadas. 85,11% de adolescentes de 12 a 17 anos vacinados, que equivale 51.383 adolescentes.
“Com estes números, notamos que a parceria entre as secretarias deu certo. Conseguimos alcançar muitos alunos e professores que ainda não haviam se imunizados, e levar a vacinação para dentro da escola trazendo mais facilidade, até mesmo para os pais que precisavam apenas assinar o termo de autorização”, enfatiza Larissa Ribeiro.

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter