Em crítica a Rogério e senadores petistas, presidente do PT diz que aprovação da PEC dos Precatórios é “erro político”

A presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann, fez dura crítica nesta sexta-feira (3) à PEC dos Precatórios, aprovada nesta quinta-feira (2) no Senado com o voto favorável do senador Rogério Carvalho e demais senadores da bancada do partido na Casa.

Segundo Gleisi, a aprovação da PEC dos Precatórios no Senado, com ou sem emenda, “é um erro político, prejudica o país e não garante proteção aos mais pobres”, tuitou a presidente do PT, ao frisar que a proposta é um “absurdo”.

Esta semana, Gleisi já havia manifestado em nota pública a contrariedade da direção nacional do PT com o voto de Rogério a favor do chamado orçamento secreto do governo Bolsonaro. “O voto isolado do senador [Rogério] é um fato grave, que não se justifica diante das manifestas posições do partido sobre questão fundamental para o país”, diz trecho da nota.

“Denunciamos e combatemos o orçamento secreto pelos danos que causa ao país e ao equilíbrio democrático, em sintonia com o sentimento da sociedade. A Resolução aprovada ontem [com voto de Rogério] volta-se contra esses princípios constitucionais”, bradou a presidente nacional do PT.

Contrariando a orientação do partido e o posicionamento dos demais colegas de bancada, Rogério votou a favor das emendas de relator na segunda-feira (29), voto que foi decisivo para a aprovação apertada do projeto de resolução que manteve oculto os beneficiários dessas emendas, mecanismo utilizado como moeda de negociação política do governo Jair Bolsonaro com parlamentares.

O secretário nacional de Comunicação do PT, Jilmar Tatto, revelou à Coluna Painel, da Folha de São Paulo, na quarta-feira (1º), que tem se multiplicado os pedidos de petistas para que a direção da sigla puna o senador Rogério Carvalho impedindo-o de lançar candidatura ao governo de Sergipe nas eleições de 2022.

Sobre o voto de Rogério a favor do orçamento secreto, ,Valter Pomar, historiador e ex-secretário de Relações Internacionais do PT, diz que cabe à bancada do PT no Senado ou ao Diretório Nacional do PT, convocado para o dia 16 de dezembro de 2021, punir o senador. “Ou, pelo menos, conceder-lhe o troféu ‘cretinismo parlamentar 2021′”.

 

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *