Em novo revés no Senado, Alessandro é derrotado e perde presidência de comissão mista

Depois de fracassadas tentativas de criação de uma CPI no Senado para investigar o judiciário, o senador Alessandro Vieira (Cidadania) sofreu, nesta quarta-feira (28), um novo revés, ao perder a disputa da presidência da Comissão Mista Permanente sobre Mudanças Climáticas (CMMC) para o senador Zequinha Marinho (PSC/PA).

Na quarta-feira da semana passada (21), o delegado Alessandro Vieira distribuiu nota à imprensa para informar que seria o presidente da CMMC no biênio 2019/2020. A certeza do senador sergipano resultava de um acordo firmado entre seus pares, ainda em fevereiro, que assegurava-lhe a presidência da Comissão.

Embora o contexto do acerto não tenha sido publicizado, nem pelo senador derrotado e tampouco pelo presidente do Senado, que garantiu a Alessandro a presidência da Comissão Mista sobre Mudanças Climáticas, pela época em que a trama foi costurada, há a possibilidade concreta de o delegado ter votado em Davi Alcolumbre para o comando da Mesa Diretora do Senado em troca da presidência de uma Comissão Mista, prática típica da ‘velha política’, que o senador por Sergipe diz combater.

Quando questionado acerca do motivo de entrar na disputa contra o senador Alessandro, Zequinha Marinho explicou que decidiu de aceitar o convite para se candidatar à CMMC por ter crescido no estado do Pará e possuir forte histórico com a região da floresta amazônica.

Composta de 12 senadores e 12 suplentes, e 12 deputados e 12 suplentes, a CMMC atua desde 2008 com atribuição de acompanhar, monitorar e fiscalizar, de modo contínuo, as ações referentes às mudanças climáticas no Brasil. O foco principal dos debates, a partir de agora, deverá ser as queimadas na Amazônia e seus impactos no Brasil e no mundo.

 

Email: contato@imprensa24h.com.br
Telefone: 79 98808-2651
Clique neste link para me enviar mensagens no WhatsApp

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta