Em reunião com a vice-prefeita Katarina, vereador Byron reforça importância de destinar recursos para projetos sociais

Durante reunião no Centro Administrativo, realizada, ontem, 18, o vereador de Aracaju, Sgt. Byron Estrelas do Mar (Republicanos), aproveitou a oportunidade para apresentar à vice-prefeita de Aracaju, Katarina Feitoza (PSD), a “Campanha Destinar 2021”, que objetiva  sensibilizar e informar a população sergipana sobre como destinar parte do seu Imposto de Renda para o Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente e para o Fundo dos Direitos do Idoso e reforçou a necessidade da criação de novos editais de financiamento de projetos das instituições da sociedade civil.

O parlamentar elogiou a iniciativa da Receita Federal de Sergipe, Governo do Estado, por meio da Vice-governadoria, e do Conselho Regional de Contabilidade e mostrou o quanto os recursos arrecadados serão de grande valia para as instituições do terceiro setor que passam por muitas dificuldades devido à crise causada pelo novo coronavírus e a falta de recursos.

“Estudando a Campanha Destinar, percebi o quanto é uma iniciativa importante que pode contribuir para que os serviços sejam mantidos. Esses recursos são muito necessários e alivia um pouco essa demanda. Através do valor arrecadado é possível que sejam lançados editais de financiamentos dos projetos, o que significa que essas instituições poderão receber recursos para que os seus serviços sejam executados. Algo muito positivo. O apoio da vice-prefeita, por meio de suas articulações, sem dúvida, é de grande valia e chegará para fortalecer ainda mais a iniciativa”, reforçou o sargento.

Para Katarina, no atual cenário do país, é ainda mais importante manter instituições e projetos sociais. “Por isso, achei muito oportuna a iniciativa do vereador Byron em disseminar a ideia da Campanha ‘Destinar’, que chama a atenção para a possibilidade de doação através da declaração do Imposto de Renda. Os recursos podem ser doados para o Fundo da Criança e do Adolescente ou do Idoso, sendo de 3% para cada um. O valor doado não é abatido na restituição, caso o contribuinte tenha a receber, mas sim do valor retido. Ou seja, o cidadão não perde nada e ainda ajuda entidades que promovem o bem-estar social através de um trabalho responsável e fundamental”, avaliou a vice-prefeita.

Publicidade:
Foto: Jamisson Souza
Por Pábulo Henrique, assessor de imprensa

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta