“Em todos os espaços institucionais ou políticos que passei sempre tratei da temática LGBTQIA+”, diz Bittencourt*

Na última quarta-feira, 16, o vereador Professor Bittencourt (PCdoB) não participou da sessão on-line da Câmara Municipal de Aracaju (CMA). Por questões de saúde e mediante apresentação de atestado médico, o vereador esteve ausente na sessão deliberativa. Nesse mesmo dia, houve a votação do Projeto de Lei de n°07/2021 de autoria da vereadora Linda Brasil (PSOL) que incluía a semana da visibilidade trans, sempre na última semana do mês de janeiro, integrando o dia 29 de janeiro no calendário oficial de eventos da cidade de Aracaju. O PL foi rejeitado em primeira votação por oito votos contra, sete a favor e duas abstenções.
A não participação do parlamentar na sessão, cujo mesmo justificou falta com atestado médico, gerou uma interpretação negativa e equivocada por parte de um portal de notícias do estado, informando que o vereador saiu pela tangente e o voto do mesmo “poderia ter empatado o placar da votação”. Vale ressaltar que o vereador não foi o único parlamentar que estava ausente na sessão.
“Eu não fui o único que faltou na sessão. Faltei porque estava com atestado médico, inclusive na sessão do dia anterior informei que apenas estaria ali presente, mas não iria me manifestar porque não estava bem de saúde. Por qual motivação eu me esquivaria de uma votação como essa? Eu votaria contrário se estivesse presente? Estranho essa manifestação tão direcionada do portal expressando uma opinião política clara”, destacou o parlamentar.
Ao longo da sua trajetória política, o vereador Bittencourt sempre defendeu a pauta LGBTQIA+, assim como participou e realizou diversas ações voltadas para a temática. A última ação aconteceu no dia 17 de maio, o vereador lançou uma campanha virtual de combate à LGBTQIFobia, o que reforça que Bittencourt sempre abraçou e levantou a bandeira em favor do fim de qualquer discriminação LGBTQIA+, assim como reforça o seu respeito aos direitos das livres orientações sexuais e identidades de gêneros.
“Em todos os espaços institucionais ou políticos que passei sempre tratei dessa temática. Quando fui Secretário de Estado de Direitos Humanos fiz seminários, realizei a Conferência Estadual LGBTQIA+, participei da Conferência Nacional LGBTQIA+. Quando fui Secretário da Assistência Social fiz seminários sobre essa temática para os servidores da casa, participei diversas vezes da parada LGBTQIA+, e na última, inclusive, fui lá e discursei em nome da Prefeitura Municipal de Aracaju. Em outras edições, discursei na parada LGBTQIA+ como Secretário de Estado de Direitos Humanos. Desde o primeiro ano do mandato eu tenho realizado campanhas tratando desse tema. Portanto, o público que me conhece e os meus eleitores sabem dessas ações. Por qual motivo eu estaria me esquivando ou me escondendo para não votar?”, questionou o parlamentar.
Para Bittencourt, a intenção da matéria divulgada no portal de notícias não é informar, mas “fazer eco a pensamentos políticos que, sob o nosso ponto de vista, são completamente despreocupados com o tema e agora fingem ter interesse nisso”.
Em resposta ao questionamento presente na matéria, o vereador conclui: “o site também fala que se eu estivesse presente o resultado poderia ser outro, mas a preocupação do resultado deve ser de quem propõe o projeto. Quem propõe o projeto precisa conversar com os vereadores, articular, construir um consenso com os vereadores, é isso que eu faço quando apresento meus projetos. Acho uma manifestação absolutamente desconexa, equivocada e de nítido teor político direcionado, que nós sabemos de onde vem e qual a intenção. A intenção não é de discutir, muito menos informar”, finalizou.
*Mais Informações:*
David Rodrigues
Assessor de Imprensa
79 9 9840-1833

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta