Enem 2020: Rede Estadual de Ensino promove elenco de ações na preparação dos alunos

Desde que se iniciou o ano de 2020, a Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), por meio do Programa Pré-Universitário, coordenado pelo Departamento de Apoio ao Sistema Educacional (Dase), tem dado todo o suporte para os alunos que estão estudando em casa, por conta do distanciamento social. A Seduc tem promovido uma gama de atividades para preparar os alunos para o Enem 2020, que vão desde acesso às plataformas Explicaê, Estude em Casa, aulas na TV, programas de rádio, lives, reuniões remotas, disponibilidade de material complementar, disponibilidade de acesso à plataforma contendo mais de 30 mil livros e videoaulas. A Educação Estadual também se prepara para iniciar aulas não presenciais pela rádio Aperipê.

Além do Programa PreUni, as escolas estaduais têm gerado conteúdos online, projetos e programas, para os alunos que têm acesso à internet, assim como planejamento de estudo com conteúdos físicos para os alunos que não têm acesso ou preferem o material didático e livros.

As novas datas de realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2020) foram divulgadas nessa quarta-feira, 8, pelo Ministério da Educação (MEC). As provas escritas acontecerão em 17 e 24 de janeiro, e as provas do Enem digital serão em 31 de janeiro e 7 de fevereiro. Já os resultados do Enem 2020 serão divulgados no dia 29 de março de 2021, para que os alunos sejam matriculados ainda no primeiro semestre.

O Preuni do Governo de Sergipe conta atualmente com 216 professores, 5.195 estudantes matriculados e 42 polos distribuídos em 28 municípios sergipanos. Desde que iniciou o período de distanciamento social, o Pré-Universitário tem realizado lives, videoaulas, simulados não presenciais, entre outras ações. No dia 21 de março, os articuladores do programa realizaram uma live no Instagram do Preuni Seduc com uma aula interdisciplinar de Português e Geografia, e a partir daí, a série de “Lives Preparatórias para o Enem” no Instagram do Preuni não parou com aulas diárias, contando com a presença de dois professores por componente curricular, debatendo sobre as principais temáticas do Enem, alcançando, por semana, cerca de seis mil estudantes.

As lives tiveram uma procura satisfatória evoluindo para o canal do Youtube “Educação Sergipe” e surgiu o “Plantão do Enem”, com duas aulas por noite com a duração de 60 minutos. Juntamente com o plantão do Enem, todos os estudantes iniciam o acesso ao Planejamento Semanal de Estudos e as víideoaulas produzidas pelos professores e articuladores do Programa (mais de 100 videoaulas publicadas no canal).

No início do mês de abril a equipe do Preuni inovou mais uma vez e uniu o pedagógico com o emocional, convidando uma psicóloga para abordar o tema “Saúde mental e foco nos estudos em tempos de quarentena”.

No dia 15 de maio, o Preuni lançou o “Projeto Doses de Inspiração”, que acontece duas vezes por mês no Instagram e tem o objetivo de inspirar e motivar os estudantes a continuarem focados nos estudos através de relatos de profissionais oriundos da escola pública.

O “Projeto Boas Práticas” veio em seguida como espaço para que os professores que trabalham com ensino médio e com o Enem socializem as práticas educacionais realizadas.

A Ciranda Pré-Universitária, espaço de conversa para os jovens socializarem as produções artísticas produzidas por eles é mais uma ação. No dia 15 de junho foi lançado um questionário por meio da plataforma Google Forms, para que os estudantes respondam a uma “autoavaliação das atividades não presenciais” que está sendo desenvolvida pela Equipe do Programa Pré-Universitário. O objetivo principal é saber se o meio utilizado está sendo eficaz.

Simulados online

Para este ano de 2020 foi planejada a realização de três simulados online, podendo se estender para um quarto simulado. “Com a pandemia causada pela Civid-19, o nosso calendário foi reformulado e estamos com a proposta de manutenção dos três simulados online, e avaliando se teremos o quarto simulado online”, explicou Gisele Pádua.

No dia 13 de abril ocorreu o I Simulado Online 2020, produzido pela equipe do Programa Pré-Universitário e ofertado a todos os estudantes do Ensino Médio do Estado de Sergipe, com 50 questões, abrangendo todas as áreas de conhecimento. No simulado online, o estudante teve a devolutiva assim que terminou de responder à prova. O panorama geral de média foi apresentado em reunião aos coordenadores dos polos do Programa Pré-Universitário.

O segundo simulado online está previsto para o mês de agosto.

Portal Estude em Casa – Aulas não presenciais e conteúdos complementares

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), através do seu Portal Estude em Casa (http://seed.se.gov.br/estudeemcasa/#/), disponibiliza uma série de possibilidades para os alunos de todos os níveis escolares. Os estudantes do Ensino Médio, que farão o Enem, podem contar com videoaulas, dicas para o Enem, plano de estudos, clube do livro, entre outras plataformas de estudos. O portal disponibiliza mais de 10 mil conteúdos.

Uma outra atividade não presencial é a parceria firmada entre o Governo do Estado de Sergipe, por meio da Seduc, com o Centro de Mídias em Educação do Amazonas, com o objetivo de disponibilizar mais um canal de ensino e aprendizagem para os estudantes do território sergipano.

Por meio da Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe (Funcap), o programa “Estude em Casa” chega à residência dos sergipanos por meio do sinal digital da TV Aperipê, oportunizando os conteúdos curriculares para que os estudantes dos ensinos fundamental e médio estudem em casa. São quatro horas e 40 minutosde conteúdo na TV pública, cujo sinal alcança cerca de 61% dos municípios. Atualmente, a Seduc está trabalhando com mais de 70 professores sergipanos que estão gravando aulas a serem disponibilizadas no canal do YouTube.

Plataforma Explicaê

O portal Estude em Casa também conta com um importante aliado no apoio aos estudos nesta fase de distanciamento social. Por meio de convênio, a Seduc e a Startup “Explicaê” estão ofertando, de forma online e gratuita, conteúdo didático para 75 mil estudantes matriculados no ensino médio da rede estadual. O material pode ser acessado no site: www.seduc.se.gov.br/estudeemcasa ou no aplicativo para smartphone “Explicaê”, disponível nos sistemas Android e IOS, com recursos que poderão ser utilizados no modo off-line.

Criada por empresários sergipanos, a plataforma Explicaê oferece conteúdos escolares em vários formatos diferentes para tentar captar a atenção dos estudantes. Os vídeos sobre cada assunto duram, em média, 12 minutos, e utilizam uma linguagem simplificada e bem-humorada. Além disso, o espaço digital conta ainda com conteúdos textuais, divididos em mais de três mil apostilas próprias e exercícios para cada um dos temas.

A diretora do Departamento de Educação (DED/Seduc), professora Ana Lúcia Lima, comemora mais uma parceria com instituições externas para ampliação da oferta de suporte pedagógico para estudantes e professores. “Nesse momento de distanciamento social é imprescindível que todos os órgãos da Seduc somem esforços para apoiar as nossas escolas em seus planejamentos e nos estudos dos alunos. Então, com essa finalidade, a fim de potencializarmos a aprendizagem dos nossos estudantes, estamos disponibilizando, virtualmente, uma série de títulos para uma dinamização das atividades escolares no Ensino Médio”, declarou.

Árvore de Livros

Outra parceria importante foi feita entre a Seduc e a plataforma de leitura digital “Árvore de Livros”, que permite que os mais de 18 mil alunos da 3ª série do Ensino Médio da rede pública de Sergipe tenham a sua disposição o acesso digital a mais de 30 mil títulos, entre livros, jornais e revistas de todo o mundo. Esse acesso pode ser feito também pelo Portal Estude em Casa, da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc).

O acesso é gratuito para esses estudantes e professores, e a ferramenta ficará disponível por um período de cinco meses. A oferta faz parte de uma iniciativa da Edtech de ampliar o acesso a obras literárias em meio à pandemia, período no qual as escolas enfrentam desafios para seguir a rotina escolar. No Ensino Médio, o acesso a diversos livros e periódicos auxilia ainda na preparação para as provas do Enem.

Além do acervo diversificado, a plataforma oferece ferramentas pedagógicas que auxiliam o professor, como os relatórios de leitura, que mostram o progresso dos alunos, a possibilidade de realizar indicações de livros, enviar atividades pela plataforma e ainda projetos e trilhas de leitura alinhadas à Base Nacional Comum Curricular (BNCC), os quais os educadores podem acessar e aplicar para seus alunos.

Escolas engajadas

As escolas da rede estadual de ensino, através de duas equipes diretivas e professores, também estão engajadas nas ações para ampliar o contato com os alunos e levar a eles todos os conteúdos necessários para que façam uma boa prova no Enem. As unidades de ensino têm se adaptado ao novo momento de distanciamento social e promovido aulas online, com videoaulas e dicas, por meio de plataformas tecnológicas como redes sociais e aplicativos. Para os alunos que não têm acesso à internet, as escolas têm feito a distribuição dos materiais didáticos e das atividades impressas.

Uma iniciativa de destaque é o Programa Espaço Enem, desenvolvido pelo professor Fabiano Oliveira, do Centro de Excelência Dom Luciano José Cabral Duarte, em Aracaju. O programa acontece toda quinta-feira, no Instagram @proffabianooliveira, momento em que recebe alunos e professores de Sergipe e de outros estados do Brasil e trabalha os conteúdos da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e temas relacionados ao Enem. A ideia surgiu da necessidade de usar as redes sociais como ferramentas educacionais. Além do Instagram, foi criado o Canal Espaço Enem e Concursos, no YouTube, com videoaulas, paródias de Língua Portuguesa, Literatura e Redação.

“Estamos vivendo um momento novo na Educação. A pandemia adiantou em dez anos o nosso processo pedagógico e está sendo necessário um processo rápido do que eu denomino de Alfabetização Midiática Informacional Digital. Tive de usar as ferramentas de entretenimento mais queridas pelos alunos para levar o conteúdo da base curricular. Usar o Intagram, Facebook, YouTube e Whatsapp para levar o conhecimento está sendo desafiador. Para o aluno, é mais um caminho na luta por um espaço nas Universidades Públicas. O Espaço Enem é o meu presente para os alunos da Rede Estadual, visto que ele não é contabilizado como aulas remotas. Aos alunos cabem criar o hábito da organização de horário de estudos para tirar o melhor proveito possível do espaço criado para eles”, afirmou o professor Fabiano Oliveira.

Acolhimento 2021

No dia da prova, como acontece todos os anos, a equipe do Pré-Universitário planeja o acolhimento aos alunos, oferecendo água mineral, canetas e dando uma palavra de apoio aos estudantes à porta dos principais locais de realização das provas. A coordenadora do Preuni, professora Gisele Pádua, destaca que como as datas das provas foram divulgadas recentemente, a equipe fará o replanejamento do calendário de ações para que o programa consiga passar aos alunos todos os conteúdos até a véspera das provas.

Ela explica que “o apoio aos alunos é dado no decorrer de toda a caminhada até a prova”. Exemplo disso são as diversas ações que o Preuni tem realizado desde o início do ano. As aulas, que antes eram em sala de aula, tiveram que ser adaptadas ao formato não presencial. Diante disso, desde o mês de março, o programa tem realizado uma série de atividades online visando levar o conteúdo das aulas aos estudantes.

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta