Pular para o conteúdo
Início » Energisa alerta para os riscos e prejuízos do furto de energia para população

Energisa alerta para os riscos e prejuízos do furto de energia para população

Só este ano já foram recuperados mais 6 milhões KWh de energia

As ligações clandestinas de energia e as intervenções na rede elétrica trazem sérios riscos e causam acidentes para quem pratica o ato e para a população. Somente neste primeiro trimestre de 2022, já foram registadas 1.600 irregularidades e desligado mais de 1.000 ligações clandestinas, em ações contínuas de combate ao furto de energia elétrica.

O coordenador de Medição e Combate a Perdas da Energisa em Sergipe, Evandro Macedo, alerta que normalmente quem pratica esse ato não tem conhecimento de eletricidade e não utiliza os equipamentos de proteção necessários para trabalhar com a rede energizada.“A Energisa tem intensificado as ações de conscientização porque essas irregularidades trazem muitos riscos podendo levar a uma situação fatal. As gambiarras realizadas também podem romper fios, colocando em risco as pessoas que passam no local”, afirma Evandro.

Além dos riscos, as ligações clandestinas trazem prejuízos para a população tanto pelas falhas no fornecimento de energia elétrica, como no custo que é pago por todos. Somente neste trimestre, já foram recuperados 6.500.000,00 KWh de energia, o equivalente para abastecer mais de 4 mil imóveis residências durante um ano, com um consumo de 134 KWh/mês em cada imóvel.

“É um impacto que chega para todos, pois essas ligações irregulares causam sobrecarga na rede elétrica, impactando diretamente na qualidade da energia e deixando o sistema mais suscetível às interrupções e oscilações. Por isso, contamos com a colaboração da população para denunciar essas irregularidades”, afirma Evandro.

Denúncia

A população pode ajudar denunciando essas irregularidades por meio dos canais de atendimento da Energisa: WhatsApp (79) 9 8101-0715, Aplicativo Energisa On (disponível no Google Play ou App Store do celular), pelo site energisa.com.br ou Call Center 0800 079 0196. A identidade de quem denuncia é mantida em total anonimato.

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter