Pular para o conteúdo
Início » Energisa se consolida como a mais bem avaliada do Brasil em distribuição de energia

Energisa se consolida como a mais bem avaliada do Brasil em distribuição de energia

Pesquisa realizada pela Associação Brasileira das Distribuidoras de Energia (Abradee) ouve clientes e analisa dados operacionais

Nove, das onze distribuidoras do Grupo Energisa estão entre as empresas mais bem avaliadas do Brasil, segundo a visão dos próprios clientes. Os dados são da “24ª Pesquisa de Satisfação do Consumidor Residencial Urbano de Energia Elétrica”, da Associação Brasileira de Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee). A Energisa Sergipe levou o terceiro lugar na categoria Gestão Econômico-financeira e a terceira melhor distribuidora na região Nordeste.

Esses resultados refletem os investimentos em melhoria de rede, automação, modernização da frota, digitalização e atendimento, que somaram nos últimos cinco anos mais de R$ 12 bilhões investidos nas distribuidoras.  Também são fruto de uma cultura centrada no cliente, fundamentada no desenvolvimento de competências e num modelo de gestão que permite antecipar tendências e trocar experiências entre as unidades.

“Esse modelo promove o efetivo compartilhamento das melhores práticas, de maneira que o progresso alcance o conjunto de empresas. Experiências bem-sucedidas são rapidamente adaptadas e disseminadas para as demais, numa abordagem em que o individual serve ao coletivo”, afirma Gioreli de Sousa Filho, Vice-Presidente de Redes do Grupo Energisa.

O executivo destaca que ganhar prêmios não é um objetivo, mas que processos como o da Abradee atuam como “sinais na estrada”. Juntamente com outras variáveis de monitoramento, ajudam a validar ou ajustar o rumo e o ritmo em direção aos objetivos de cada unidade. “O reconhecimento é também um estímulo ao trabalho de nossos mais de 20 mil colaboradores próprios e terceiros, aos quais deixo aqui meu agradecimento. Estão todos de parabéns”, destaca o Vice-Presidente de Redes.

Na pesquisa, a Abradee considera indicadores internos das empresas, do Instituto Ethos, da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) e do FNQ. A premiação também leva em conta a Pesquisa de Satisfação do Cliente, realizada pela Innovare Pesquisa por meio de entrevistas com clientes de todo o país.

O diretor-presidente da Energisa em Sergipe, Roberto Currais, destaca a importância do reconhecimento por meio da premiação da Abradee. “É uma grande satisfação ser uma das distribuidoras mais bem avaliadas no Prêmio Abradee. Fomos agraciados com três reconhecimentos no podium: 3º colocado nacional na categoria Melhores em Gestão, 3º colocado nacional na categoria gestão econômico-financeira e 3ª colocado como melhor distribuidora da região Nordeste. Mostra que estamos no caminho certo. Quero agradecer toda dedicação e compromisso dos colaboradores da Energisa Sergipe, parceiros locais e de todos os colaboradores do Grupo Energisa e, é claro, aos nossos clientes que são a nossa motivação diária na busca incessante da melhoria contínua dos serviços prestados”, afirma.

O anúncio dos vencedores ocorreu na noite de quinta-feira, 28, no auditório da Confederação Nacional da Indústria, em Brasília. O resultado coloca o grupo como o mais bem avaliado do país, vencendo 8 de 15 categorias que concorreu, com quatro distribuidoras vencedoras. Ano passado, a companhia também venceu 8 entre as 15 categorias da premiação, sendo quatro distribuidoras vencedoras.

Distribuidoras preparadas para o futuro  

Presente há 25 anos em Sergipe, o Grupo Energisa mantém elevados investimentos no estado. Foram R$ 143 milhões em 2021. Para este ano, estão previstos R$ R$ 223 milhões na área de concessão, um aumento de 52% em relação ao investido no ano passado. A maior parte da alocação dos recursos na distribuição será direcionada aos ativos elétricos; ao combate ao furto de energia; à expansão de redes para ligação de novos clientes, à renovação das frotas e às obras de melhoria da qualidade do fornecimento.

“As distribuidoras têm o papel de garantir a segurança no fornecimento e a universalização do serviço para todos os brasileiros. Precisam de investimentos constantes nas redes para apoiar uma transição energética sustentável, com clientes capazes de escolher a fonte de energia com segurança de que não ficarão sem esse insumo essencial da vida moderna”, afirma Roberto Currais.

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter