Energisa Sergipe doa postes antigos para Consórcio de Municípios

Os postes que são substituídos nas ruas, por conta das melhorias da rede e da manutenção corretiva, estão ganhando um novo destino. É que a Energisa Sergipe firmou uma parceria para a doação dessas estruturas ao Consórcio de Saneamento Básico do Baixo São Francisco Sergipano (CONBASF), com o objetivo de serem reutilizados na construção de rampas de transferências diretas dos resíduos sólidos nos municípios de Propriá, Neópolis, Monte Alegre e Capela, beneficiando assim o serviço de saneamento básico da região.

A parceria prevê a construção de quatro rampas, uma para cada município, com o reaproveitamento de mais de 360 postes. A ação não se limita à doação destes postes que, usualmente, teriam as suas estruturas vendidas no mercado, a Energisa também se responsabilizou pela logística de todo material doado. “A Energisa é uma empresa comprometida com a sustentabilidade e ficamos muito satisfeitos em dar esse destino aos postes que já foram utilizados, para beneficiar o meio ambiente, contribuindo com a implementação de um projeto tão relevante para o saneamento básico e a saúde da população”, afirma o diretor-presidente da Energisa Sergipe, Roberto Carlos Currais.

Os postes serão utilizados na composição das estruturas de contenção das rampas elevatórias para acesso dos caminhões compactadores de lixo e para a colocação de telas, que impedirão que resíduos se espalhem no terreno. Por meio da rampa, o lixo será transferido de veículos de pequeno porte, que realizam as coletas municipais, para veículos com uma maior capacidade, tipo “caçambão”. O projeto visa diminuir os custos com logística e destinação final dos resíduos sólidos produzidos nos municípios da região e contribuir para a implantação da política nacional de resíduos sólidos no Estado de Sergipe e no encerramento dos lixões no baixo São Francisco sergipano.

A procuradora do Ministério Público Federal, Dra. Lívia Nascimento Tinoco, que intermediou a doação, avalia positivamente a parceria e os benefícios que trará para o Estado. “O apoio da Energisa demonstra a preocupação social da empresa com a questão ambiental da região do baixo São Francisco e colabora para essa importante meta que é o encerramento dos lixões em Sergipe”, ressalta.

“No início pensamos em construir os paredões com paralelepípedos, mas o custo seria muito alto, então surgiu a ideia de utilizarmos os postes. Entrei em contato com a Dra. Livia Tinoco, do Ministério Público Federal, que pediu que enviássemos o ofício para que fosse encaminhado à Energisa. Graças a Deus a Energisa aceitou a parceria e nos deu esse apoio com a doação”, relata o Superintendente do CONBASF, Mario Rosa de Albuquerque.

Ainda segundo o Superintendente, a previsão é de que a Unidade de Neópolis, a primeira a ser construída, seja finalizada e comece a operar em aproximadamente 20 dias. Na sequência será iniciada a construção das rampas em Propriá, depois Capela e Monte Alegre.

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *