Pular para o conteúdo
Início » Equipe sergipana de Paratletismo se destaca no Circuito Paralímpico Loterias Caixa de Atletismo 2022

Equipe sergipana de Paratletismo se destaca no Circuito Paralímpico Loterias Caixa de Atletismo 2022

Estudantes da Rede Pública Estadual de Educação de Sergipe participaram, entre os dias 17 e 19 de junho, da Segunda Fase Nacional do Circuito Paralímpico Loterias Caixa de Atletismo 2022. A competição ocorreu no Centro de Treinamento Paraolímpico Brasileiro (CTPB), em São Paulo, e a equipe formada por quatro paratletas trouxe para casa quatro medalhas, três delas pelo primeiro lugar.

O Circuito Brasil Loterias Caixa é organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro e patrocinado pelas Loterias Caixa. Este é o mais importante evento paralímpico nacional de atletismo, natação e halterofilismo. Composto por quatro fases regionais, duas nacionais e um campeonato brasileiro de cada modalidade, tem como objetivo desenvolver as práticas desportivas em todos os municípios e estados brasileiros, além de melhorar o nível técnico das modalidades e dar oportunidades para atletas de elite e novos valores do esporte paralímpico do país.

A estudante Luciele Carolaine Brito Santos, do Centro de Excelência Vitória de Santa Maria, unidade que oferta o Ensino Médio em Tempo Integral, em Aracaju, foi a grande campeã no arremesso de peso  e ainda alcançou o recorde brasileiro com a marca de 11.86  na classe T20 (para atletas com deficiência intelectual leve). A aluna Kelianny dos Santos, da Escola Estadual Senador Leite Neto, também em Aracaju, conquistou o 4º lugar nos 100m, na classe T11 (atletas com deficiência visual total).

De acordo com o professor e treinador da equipe, Antônio Ferreira Júnior, outros dois ex-estudantes da Rede Estadual também se destacaram. “Os outros dois paratletas são ex-alunos da Escola Estadual Senador Leite Neto, Jadson Santos Souza, que obteve o 1º lugar nos 1.500m e o 2º lugar nos 800m na Classe T20 (para atletas com deficiência intelectual leve); e Victor dos Santos Barreto, que foi campeão nos 100m da Classe RR1 Petra (para cadeirantes com paralisia cerebral).

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter