Fotógrafo sergipano participa de mostra internacional em São Paulo

O fotógrafo Michel de Oliveira está participando da Mostra Museu: Arte na Quarentena, que reúne obras de artistas nacionais e internacionais relacionadas à pandemia da covid-19. O evento acontece na cidade de São Paulo, com uma exposição itinerante pelas ruas da cidade, além da versão multimídia, disponível no site da mostra.

O artista sergipano foi selecionado com a fotografia “A purificação das mãos”, inspirada no afresco “A criação de Adão”, de Michelangelo. A obra foi produzida durante o início da pandemia, como lembrete para a necessidade de higienizar as mãos, diminuindo os riscos de contágio.

Para Michel, é uma grande alegria participar de um evento de abrangência internacional. “Fico muito satisfeito de poder mostrar meu trabalho e ainda representar Sergipe e o Nordeste em uma exposição com artistas de diversos países”, declara.

 

Concorrência

A Mostra Museu recebeu as inscrições via convocatória, aceitando trabalhos produzidos a partir de 12 de março de 2020, dia em que foi decretado estado de calamidade pública pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Ao todo, foram mais de 1.200 inscritos, de 40 países diferentes. A curadoria das obras foi realizada por Ana Carolina Ralston e pelo The Covid Art Museum (CAM), que selecionou 201 artistas para compor a exposição.

Michel conta que ficou muito surpreso em ser selecionado. “A concorrência estava muito grande, com artistas de todo o mundo. É um reconhecimento para o meu trabalho poder fazer parte de uma mostra séria, com uma curadoria tão cuidadosa”, destaca.

 

Esta é a segunda vez que a obra “A purificação das mãos” participa de uma mostra importante. Em junho de 2020, a fotografia foi selecionada para a Quarentena Projetada, exposição organizada pela Mídia Ninja em parceria com o Instituto Moreira Sales (IMS), com projeção em 11 cidades, de todas as regiões do Brasil. A Quarentena Projetada contou com quase 15 mil inscrições e a seleção de 487 obras.

Publicidade:

 

Sobre o artista

Michel de Oliveira é natural de Tobias Barreto. Artista visual, fotógrafo, escritor e arte-educador. É motivado pela ação intuitiva do processo criativo e pelas potencialidades estéticas e materiais da imagem fotográfica. Pesquisador com ênfase em fotografia e cultura visual, é Doutor em Comunicação e Informação.

É autor de O amor são tontas coisas (Moinhos, 2021), O sagrado coração do homem (Moinhos, 2018), Saudades eternas: fotografias entre a morte e a sobrevida (Eduel, 2018). Entre as premiações que recebeu, destacam-se o Prêmio Funarte Respirarte e o Prêmio Funarte Arte em Toda Parte.

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

 

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta