Governo do Estado cria o “Parque Estadual do Aquífero Marituba” para preservação do ecossistema costeiro sergipano

Já é uma realidade a criação do ‘Parque Estadual Aquífero Marituba’, um pedacinho do litoral sergipano que é conhecido por suas belas praias, dunas, lagoas e restingas e seu vasto ecossistema costeiro. O ambiente rico em biodiversidade agora é protegido através do decreto 40.515/2020, que autoriza a criação do parque. O decreto foi publicado na última quarta-feira (22), no Diário Oficial do Estado e na próxima quarta-feira (29), o governador Belivaldo Chagas recebe representantes dos municípios beneficiados para uma solenidade de assinatura, um ato simbólico no Palácio dos Despachos.

Localizada entre os municípios de Barra dos Coqueiros e Santo Amaro das Brotas a unidade de conservação e proteção integral será um espaço de amparo aos recursos naturais e a ações na recuperação de danos ambientais presentes na extensão territorial. Além disso, a reserva detém uma grande quantidade de água doce, tendo como uma de suas principais funções o monitoramento dos lençóis freáticos do aquífero.

Segundo Valdelice Leite Barreto, Bióloga e Coordenadora das Unidades de Conservação da Superintendência Estadual de Recursos Hídricos e Meio Ambiente (Serhma), o Parque Estadual é uma categoria de Unidade de Conservação da categoria de proteção integral. De antemão os moradores da região devem ficar atentos aos benefícios da ação que visa promover a educação ambiental, estimular à pesquisa e aproveitamento do ecoturismo.

No centro do ecossistema costeiro, no município de Barra dos Coqueiros, o restaurante ‘Meu Veio’ é destaque na região por conceber uma conexão singular com a natureza e o ser vivo. Construído há 12 anos, às margens do manguezal, o estabelecimento é conduzido por seu Raildo Correia, filho do dono, que ao saber sobre o Parque Estadual Aquífero Marituba detalhou sobre os benefícios dessa empreitada. “Logo quando construímos este estabelecimento a ideia era justamente valorizar o nosso bioma e, consequentemente, promover aos visitantes uma experiência fora do comum. Por isso, acredito que o surgimento do parque será um ponto positivo para intensificação nos cuidados com os nossos mangues”, relatou.

Há 35 anos, Alcides Santos conhece bem as estradas ligadas ao Parque Estadual Aquífero Marituba, morador do povoado Touro, ele chama atenção para visibilidade que a criação da reserva ambiental trará para a região. “Apesar de ser um lugar tranquilo, o decreto que sanciona a criação do Parque é uma oportunidade perfeita para movimentar a vinda de mais turistas para o local, bem como, para dar visibilidade e quem sabe estimular a empregabilidade para os moradores, além trabalho típico da pesca”, afirmou. E completou: “Daqui não saio nunca. É lindo demais. Nós buscamos voltar os nossos olhos para natureza, sempre plantando novas espécies de plantas, preservamos os mangues e as dunas e jogamos os lixos sempre maneira correta, porque, afinal, aqui é nosso lar”, concluiu ao descrever sua relação com a natureza.

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes :

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta