Pular para o conteúdo
Início » Guarda-corpos da ponte Godofredo Diniz é danificado por vândalos

Guarda-corpos da ponte Godofredo Diniz é danificado por vândalos

Depois de meses de planejamento e de um trabalho minucioso, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb), revitalizou o guarda-corpos da ponte Godofredo Diniz, localizada entre os bairros 13 de Julho e Coroa do Meio. No entanto, pouco tempo após o encerramento da obra, o equipamento foi danificado por vândalos.

Em visita ao local, engenheiros da Diretoria de Operações identificaram danos no gradil, na estrutura metálica e pichações. A intervenção, feita para garantir o bom estado do equipamento, tinha o objetivo de garantir a segurança de quem transita pela ponte. Com os danos, a proteção no local ficou comprometida.

O secretário municipal da Infraestrutura e presidente da Emurb, Sérgio Ferrari, lamentou os atos. “É muito difícil entender o porquê de alguém fazer isso. Nosso objetivo era proporcionar segurança para quem passa por ali, cumprimos o nosso papel, mas infelizmente pessoas sem senso de coletividade praticaram essas ações. Depredar o patrimônio desperdiça recursos públicos e joga fora todo um grande trabalho feito pela Prefeitura”, ressalta.

A Emurb solicitará imagens das câmeras existentes na região para tentar identificar o autor. Além disso, fará o reparo dos danos causados no guarda-corpos da ponte com recursos próprios, uma vez que a empresa contratada para execução do projeto já finalizou o serviço.

Situações flagrantes de vandalismo ou depredação do patrimônio devem ser denunciadas à Guarda Municipal, pelo telefone 153, ou para a Polícia Militar, pelo 190.

Obra
O trabalho feito pela Emurb na ponte Godofredo Diniz consistiu na recuperação do guarda-corpos, com revitalização da parte metálica, como telas e chapas, além da pintura de todo o equipamento e dos postes de iluminação.

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter