Pular para o conteúdo
Início » Investimentos sociais do Governo do Estado melhoram qualidade de vida em Sergipe

Investimentos sociais do Governo do Estado melhoram qualidade de vida em Sergipe

Focado na promoção de desenvolvimento social para toda a população, o Governo de Sergipe tem investido em diversas iniciativas na área de Assistência e Inclusão. Por todo o estado, as ações se multiplicam, trazendo melhores condições de vida e dignidade para as famílias sergipanas.

A criação do Cartão Mais Inclusão é uma das iniciativas que mostrou bons resultados. Com a medida, cerca de 20 mil famílias sergipanas em situação de vulnerabilidade passaram a dispor de condições alimentares e nutricionais mais adequadas, tendo acesso a um benefício mensal em dinheiro para compra de alimentos.
Criado em abril de 2020, o benefício teve sua prorrogação garantida até dezembro de 2022 por iniciativa do Governo do Estado, referendada pela Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese). Desde o início de sua execução, mais de R$ 50 milhões foram investidos no programa de transferência de renda estadual.

Com foco semelhante, voltado ao amparo da população diante dos impactos causados pelo período pandêmico, foi criado o Sergipe Acolhe. O programa visa trazer suporte a crianças e adolescentes que perderam pai, mãe ou responsável durante a pandemia, oferecendo auxílio financeiro. Os beneficiários podem receber o valor mensal até que alcancem a maioridade. Criado através da Lei de número 8.910/21, o Cartão Mais Inclusão – CMais Sergipe Acolhe foi oficializado em outubro de 2021.

O Governo também vem possibilitando mais dignidade e conforto a milhares de sergipanos a partir do programa permanente Novo Lar. Mais de 38 mil famílias poderão ser beneficiadas pelo programa, que compreende um conjunto de ações voltadas à requalificação de unidades habitacionais em situações precárias em Sergipe. O valor destinado é de até R$ 10 mil por unidade habitacional, beneficiando em sua primeira etapa cerca 60 municípios, nos oito territórios sergipanos.

Mais um destaque é o reajuste dos valores pagos pelo programa Mão Amiga para trabalhadores da cana e da laranja, além da criação do Pró-Sertão Bacia Leiteira. Estas medidas vêm garantindo apoio anual às famílias de pequenos produtores e criadores, auxiliando durante os períodos de estiagem e entressafra.

Somando as vertentes cana e laranja, o Mão Amiga abrange anualmente até 10 mil trabalhadores rurais. Já o Mão Amiga Pró-Sertão Bacia Leiteira, que foi criado em 2021, atende atualmente até 3,7 mil pequenos criadores de gado leiteiro do Alto Sertão, que tenham até 10 cabeças e gado – sendo, pelo menos, uma fêmea.
As ações do Governo de Sergipe em prol do Social vêm mudando a realidade de milhares de famílias, criando novas perspectivas e garantindo maior acesso a moradia, alimentação e trabalho para os sergipanos.

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter