Pular para o conteúdo
Início » Maio Cinza alerta para conscientização e combate ao câncer de cérebro

Maio Cinza alerta para conscientização e combate ao câncer de cérebro

Embora seja raro, o câncer de cérebro tem sido cada vez mais frequente entre homens e mulheres. Com sintomas semelhantes aos de enfermidades menos graves, a doença é considerada perigosa e, por isso, a necessidade do Maio Cinza, campanha que visa conscientizar a população sobre o tipo de câncer.
O médico radio-oncologista Dauler de Souza, que integra o corpo clínico da Oncoradium – Centro Oncológico de Aracaju, explica que as causas dos tumores cerebrais não são totalmente conhecidas, mas que já é de conhecimento da medicina que mudanças no DNA das células normais do cérebro podem levar à formação de tumores. Esses fatores, conforme o especialista, provocam sintomas que merecem atenção.
“Os tumores localizados em qualquer parte do cérebro podem provocar aumento da pressão dentro do crânio, conhecida como hipertensão intracraniana. Isso pode levar a sintomas como dor de cabeça, náuseas, vômitos, visão turva, problemas de equilíbrio, alterações na personalidade ou comportamento, convulsões e sonolência”, detalha.
Ao notar esses sinais, os pacientes devem buscar ajuda médica e, se for o caso, o tratamento adequado.  “O diagnóstico precoce e o tratamento adequado são os grandes definidores de sucesso no tratamento de qualquer câncer. É importante que o paciente saiba que existe tratamento para o câncer de cérebro e que, se tratado de forma adequada, há chance de cura. É essencial que o paciente procure atendimento médico especializado o mais brevemente possível e realize todos os exames e procedimentos necessários para o seu caso”, orienta Dauler de Souza.
O médico radio-oncologista  explica que o tratamento é complexo e envolve profissionais especializados. “Geralmente, o tratamento de tumores cerebrais envolve a remoção cirúrgica do tumor. Depois disso, é usada a quimioterapia, a radioterapia ou ambas. O tratamento deve ser planejado por uma equipe de especialistas com experiência no tratamento de tumores cerebrais”.
Dauler de Souza acrescenta que com a tecnologia, os tratamentos, principalmente, a radioterapia, têm beneficiados os pacientes, pois reduzem os efeitos colaterais.  “A radioterapia tem papel fundamental no tratamento dos tumores cerebrais, podendo ser realizada após a cirurgia ou até substituindo a cirurgia em alguns casos. Atualmente, a tecnologia nos permite realizar tratamentos extremamente precisos, onde irradiamos somente o tumor e poupamos tecidos sadios próximos diminuindo totalmente as sequelas do tratamento. Técnicas de tratamento como a radiocirurgia nos permite tratar tumores com precisão submilimétrica, permitindo dessa forma um controle máximo da doença e mínimos efeitos colaterais”, finaliza.
Sobre a Oncoradium – Centro Oncológico de Aracaju
Inaugurada em janeiro deste ano,  Oncoradium – Centro Oncológico de Aracaju é a 10ª unidade da Rede Onco, grupo referência no tratamento oncológico em todo o país. O Centro de Tratamento funciona anexo  Hospital de Cirurgia, atendendo as demandas de radioterapia do HC e também outras demandas da saúde do Estado.
Focada na cura e qualidade de visa dos pacientes, a  Oncoradium – Centro Oncológico de Aracaju conta com infraestrutura de atendimento completa, tecnologia de ponta, profissionais altamente capacitados e atendimento humanizado. Na capital sergipana, a unidade funciona nos três turnos (manhã, tarde e noite) e realizada, diariamente, cerca de 70 atendimentos.