Memes da internet: pesquisa analisa como eles mediam a comunicação e a divulgação científica nas redes sociais.

O pesquisador Kaio Eduardo Oliveira, egresso da Unit, desenvolveu pesquisas com o objetivo de analisar como a educação e a inovação pedagógica podem ser articuladas no cenário da cultura digital.

 

O pesquisador Kaio Eduardo Oliveira, egresso do curso de Geografia da Universidade Tiradentes, vem, ao longo do tempo, desenvolvendo pesquisas com o objetivo de analisar como a educação e a inovação pedagógica podem ser articuladas no cenário da cultura digital. Mestre e doutor pelo Programa de Pós-graduação em Educação da Unit, o docente também realizou um estágio na Universidade Aberta de Portugal.

Durante o período de doutoramento, Kaio realizou estudos sobre os “memes da internet”, mais especificamente, sobre como esses instrumentos mediam a comunicação e a divulgação científica nas redes sociais.

 

“O curioso disso é que, durante o início da pandemia da Covid-19, poucos meses depois que defendi minha tese, os memes tiveram um papel ativo na propagação de informações sobre as medidas sanitárias e científicas que são adotadas até hoje. Isso evidenciou a relevância da minha tese, não só pelas publicações em periódicos nacionais e internacionais, mas no cenário da comunicação em rede”, declara o pesquisador.

 

Kaio esteve vinculado à linha de pesquisa em Educação e Comunicação e integra até hoje o Grupo de Pesquisas em Educação e Tecnologias da Informação e Cibercultura – Getic, coordenado pela professora doutora Cristiane Porto.

Durante a graduação, Kaio deu seus primeiros passos na pesquisa com a Iniciação Científica. “Ao entrar na graduação, buscava sempre os professores do meu curso e de outros cursos para ter uma oportunidade, já que naquela época elas eram mais raras. Assim, em 2010 fui convidado pelo professor Auro Rodrigues para desenvolver um projeto voluntário sobre impactos ambientais em áreas de manguezal de Aracaju. Passei a integrar o grupo de pesquisa e a participar de eventos científicos com mais frequência”, comenta.

Eduardo desenvolveu dois projetos na graduação, sendo um deles voltado à globalização e ao uso social de tecnologias de informação e comunicação. “Os projetos desenvolvidos me possibilitaram construir um repertório que, atualmente, é fundamental para qualquer área no ensino superior, a pesquisa”, garante.

“Essa trajetória foi fundamental para meu crescimento pessoal e profissional. Não só pelo processo formativo desenvolvido, mas pelas experiências que foram construídas ao longo desse percurso, a partir da rede de aprendizagem que pude construir em muitas universidades do Brasil e do exterior. Sem dúvida, a educação é sempre o melhor caminho”, finaliza.

Assessoria de Imprensa | Unit

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta