Mercado Verde: possibilidades de renda sustentável

O mercado verde representa possibilidade de utilização sustentável de recursos naturais. Definido como economia que resulta na melhoria do bem-estar, ao mesmo tempo em que reduz, significativamente, riscos ambientais e escassez ecológica, conforme Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, o mercado verde se apresenta como alternativa de desenvolvimento.

Professor do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos da Unit e pesquisador do Instituto de Tecnologia e Pesquisa, Renan Tavares, pesquisa a área e fala sobre pesquisa com objetivo de gerar um sistema energético que possa trazer independência ao cidadão.

“Nosso trabalho com energia termosolar é para processar alimentos e purificação de água, em termos gerais. São tecnologias sociais que podem ser desenvolvidas em diversos níveis de complexidade e nosso trabalho é trazer as tecnologias para expandir a percepção e ver o mundo de outra maneira, como a perspectiva de cozinhar sem usar gás”.

 

Riscos

Questionado sobre risco para as reservas energéticas com o mercado verde, Renan afirmou que o conceito é diferente, já que o foco é gerar insumo para outro fim, ou seja, reuso.

“Um exemplo interessante no mercado verde é o ciclo do alimento: a pessoa compra, processa, gera resíduo e, ao invés de virar lixo, vai para compostagem, vira insumo para outro ciclo. Esse é o ponto interessante do mercado verde”.

Assessoria de Imprensa | Unit

 

 

 

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta