Pular para o conteúdo
Início » Mil unidades habitacionais serão entregues em Nossa Senhora do Socorro

Mil unidades habitacionais serão entregues em Nossa Senhora do Socorro

A entrega de mil unidades habitacionais construídas em Nossa Senhora
do Socorro, através do Programa casa Verde e Amarela – Faixa 1, já tem
data marcada: dia 12 de abril. Com 17 anos de atuação no mercado, a
construtora responsável pelo empreendimento é a JFilhos, a primeira em
Sergipe a receber o Selo ?Casa Azul + Caixa?, concedido pela Caixa
Econômica Federal aos empreendimentos habitacionais que buscam
trabalhar de forma sustentável, reduzindo os impactos ao meio ambiente.

Este é o primeiro grande empreendimento entregue pela JFilhos na
Grande Aracaju, neste período de pandemia, e que também tem o Selo
Casa Azul + Caixa. A solenidade de entrega acontecerá as 10 horas, e
contará com a presença do Ministro do Desenvolvimento Regional,
Daniel Duarte Ferreira, o superintendente da Caixa em Sergipe, Ismael
Boaventura Neto, o governador do estado de Sergipe, Belivaldo Chagas,
o diretor da construtora, Evislan Souza, o prefeito da cidade, Padre
Inaldo, dentre outras autoridades.

As unidades habitacionais estão divididas em dois empreendimentos :
Residencial Vila Formosa I e o Residencial Cidades das Flores I ambos
com 500 unidades. Evislan Souza, diretor da construtora, chamou a
atenção para a inovação da obra com o sistema Parede de Concreto,
moldado no local. ?Uma metodologia nova para a construção de casas em
Sergipe, pois geralmente o uso dessa tecnologia é em apartamentos.
Estamos inovando, trazendo o sonho da casa própria para aquelas
famílias que não tem condições de pagar aluguel e moram em áreas de
risco?, ressaltou o diretor.

Este é um empreendimento grande que traz o selo de qualidade da
JFilhos. ?Aqui em Socorro é o primeiro da Faixa 1, que vai mudar a
vida de muitos socorrenses?, destacou Evislan, salientando que além da
faixa 1, a construtora possui empreendimentos em todas as faixas do
programa “Casa Verde e Amarela?.

Segundo o gestor do município, Padre Inaldo, o residencial reduzirá o
déficit habitacional no município, que hoje é de cerca de 6 mil
moradias.
?Agradeço à JFilhos, à Caixa Econômica e ao Ministério das Cidades por
esse grande programa. Mesmo sendo da faixa 1, a Jfilhos se preocupa em
aumentar mais a metragem do que é exigido pelo Ministério do
Desenvolvimento Regional. São casas com excelente acabamento, com
espaço e o mais importante, com muita qualidade. São Faixa 1, pessoas
simples e humildes, mas que terão casas dignas para morar com suas
famílias?, salientou.

Desafios
O arquiteto responsável pelo projeto do Residencial Vila Formosa,
Fernando Quaranta, ressaltou o trabalho desenvolvido por toda a equipe
para superar os desafios e tornar realidade o empreendimento, prezando
sempre pela qualidade dos imóveis.

?Esse é um empreendimento que trará qualidade de vida para os
moradores, trabalhando bastante o urbanismo. Com relação à topografia,
os declives foram bem trabalhados. Em relação à parte institucional e
verde, foram deixadas várias áreas que vão ser bem implementadas pelo
município. A qualidade da JFilhos é essencial. Evislan sempre frisou
que o sobrenome da JFilhos é a qualidade?, detalhou o arquiteto.

Parceria Caixa
Para o gerente geral da Caixa Econômica em Socorro, Fábio Castro, a
parceria com a JFilhos em Socorro irá diminuir o déficit habitacional
na Grande Aracaju. ?Desde 2009 a Jfilhos constrói moradias para a
população mais carente realizar o sonho da casa própria. É motivo de
muita satisfação e felicidade fazer parte desse sonho para as pessoas
que tanto precisam?, afirmou o gerente.

?A JFilhos vem apresentando imóveis adequados com as normas do
Ministério do Desenvolvimento Regional fiscalizados pela Caixa e
órgãos de controle. Isso é importante, a construção com
desenvolvimento sustentável não somente para a longevidade da moradia
como também para a perpetuação dessa parceria, desenvolvendo novas
construções e projetos futuros?, complementou Fábio Castro.

As casas
As unidades habitacionais possuem 52,69m² de área construída (com uma
área coberta de 64m²), com 2 quartos, sala e cozinha integradas, área
de serviço e banheiro. As casas estão sendo construídas utilizando o
sistema de parede de concreto in loco, referência no Brasil e no mundo.

?É um dos métodos construtivos mais inovadores para quem trabalha com
habitação em série. Estamos trabalhando de forma exemplar e posso
afirmar que a qualidade buscada nos empreendimentos da JFilhos não é
exemplo apenas para o mercado sergipano, mas para todo o Brasil?,
explicou o engenheiro civil João Faccio, responsável pela implantação
do sistema construtivo na JFilhos.

Âncora Adm Comunicação Ltda

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter