Pular para o conteúdo
Início » Nesta segunda, 2, prefeitura de Aracaju inicia nova fase da campanha de vacinação contra influenza

Nesta segunda, 2, prefeitura de Aracaju inicia nova fase da campanha de vacinação contra influenza

A partir desta segunda-feira, dia 2, a Prefeitura de Aracaju, através da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), iniciará a segunda fase da campanha de imunização contra a influenza. A nova fase deve durar até o dia 3 de junho e vai incluir 12 novos grupos prioritários.
Nesta nova fase, poderão se vacinar crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias); gestantes e puérperas; povos indígenas; professores; pessoas com comorbidades; pessoas com deficiência permanente; forças de segurança e salvamento e Forças Armadas; caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade.
“O objetivo da campanha é prevenir o surgimento de complicações decorrentes das variações H1N1, H3N2 e tipo B da influenza, consideradas, atualmente, as mais perigosas. Desta forma, podemos evitar óbitos e a sobrecarga do Sistema Único de Saúde do nosso município”, salienta a secretaria da SMS, Waneska Barboza.
O público infantil terá uma particularidade: para as crianças que já tomaram, pelo menos, uma dose nos anos anteriores, o esquema vacinal, neste ano, estará completo com apenas mais uma aplicação. Entretanto, se for a primeira vez, os pais devem agendar uma segunda dose 30 dias depois da primeira, para considerar o esquema vacinal completo.
O grupo prioritário de comorbidades contemplado para a segunda etapa de vacinação, de acordo com a determinação do Ministério da Saúde, são apenas de pessoas com: doença respiratória crônica; doença cardíaca crônica; doença renal crônica; doença hepática crônica; doença neurológica crônica; diabetes; obesidade; imunossupressão; transplantadas e trissomias.
Os documentos necessários para ter direito à vacina são cartão de vacinação, documento com foto e comprovante de residência. No caso dos profissionais, será exigido um comprovante profissional, a exemplo do contracheque, e para pessoas com comorbidades, um laudo médico, com CID de alguma das comorbidades listadas, com exceção dos usuários cadastrados em uma UBS, que não necessitam portar a comprovação.
Locais
Na primeira fase da campanha, iniciada no dia 4 de abril, 32.423 idosos (a partir dos 60 anos) e 4.308 profissionais de saúde receberam o imunizante contra a influenza.
Durante a semana, a SMS disponibiliza 45 salas de vacina em todas as Unidades Básicas de Saúde, para imunizar contra a Influenza o público-alvo nessa segunda etapa.
Também são pontos de vacinação os shoppings Aracaju Parque, Riomar e Jardins, além do drive montado no Parque da Sementeira e do Carro da Vacina.
Para se vacinar, é necessário comprovar residência em Aracaju e apresentar documento de identificação com foto (RG ou carteira de motorista) e cartão de vacinação.