Pular para o conteúdo
Início » No Shopping Jardins, a doação de um kg de alimento não perecível vale um ingresso para o circo Hermanos Suarez

No Shopping Jardins, a doação de um kg de alimento não perecível vale um ingresso para o circo Hermanos Suarez

Doações devem ser realizadas no Shopping Jardins, em Aracaju (SE), e serão destinadas à ONG Mães pela Diversidade

No mês em que o Brasil celebra o amor entre mães e filhos, o Shopping Jardins e o Instituto João Carlos Paes Mendonça de Compromisso Social (IJCPM) convidam as famílias a praticarem solidariedade e contribuírem com a Associação Mães pela Diversidade. Até o dia 31 de maio, a população pode ir ao Quiosque Solidário, no mall em frente ao GBarbosa, e doar alimentos não perecíveis e itens de higiene. O atendimento ao público acontece, de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos e feriados, das 14h às 20h.

Para incentivar a solidariedade da população, de quinta-feira a domingo, 5 a 8 de maio, quem doar um quilo de alimento não perecível ganha um ingresso para o circo Hermanos Suarez, que segue em cartaz no estacionamento do Shopping Jardins até o dia 8 de maio.

“Os itens arrecadados serão destinados às famílias atendidas por nossa Associação. No período mais crítico da pandemia, recebemos cestas básicas, mas agora, as doações são raras. Somos todos voluntários e não recebemos nenhum apoio financeiro. Assim, nos juntamos para arrecadar as cestas ou recorremos a instituições parceiras, como a Remonta, Casamor, Transunides, Amosertrans, Astra, dentre outras”, relata Alessandra Tavares, Coordenadora do Mães pela Diversidade em Sergipe.

O arroz, feijão, ovos, massa de milho, farinha, óleo de soja e demais alimentos não perecíveis, assim como o sabonete, creme e escova dentais, desodorante, papel higiênico, absorvente, xampu e demais itens de higiene e de limpeza arrecadados irão compor cestas básicas a serem doadas à população LGBTQIAP+ (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais, Queer, Intersexo, Assexuais, Pans e +) mais vulnerável assistida pela Associação.

Mães pela Diversidade

O movimento foi formado por mães de diferentes estados em 2014 e instituído, em 2017, como organização não governamental sem fins lucrativos. Desde 2019, conta com representantes e atuação mais efetiva em Sergipe. São 34 mães e 6 pais no Estado que têm como objetivo principal dar apoio às famílias para fortalecê-las no enfrentamento a todo tipo de preconceito e violência aos quais está submetida a população LGBTQIAP+.

Dentre as ações desenvolvidas, destacam-se: o auxílio a pessoas trans e travestis na retificação de nome e gênero; o encaminhamento de pessoas trans e travestis ao ambulatório trans de Lagarto; a realização de capacitações e rodas de conversa, tanto para a população LGBTQIAP+, como também para empresas interessadas em melhorar a qualidade de atendimento para esse público; a produção e a divulgação de conteúdos sobre direitos, saúde e saúde mental de crianças e adolescentes LGBTQIA+. Ao todo, o grupo já realizou mais de 100 palestras em escolas, igrejas, universidades e empresas.

Mais informações estão disponíveis em maespeladiversidade.org.br e @MaesPelaDiversidade.

Imprensa 24h

Notícias de Aracaju, Sergipe e do Brasil

Instagram

Facebook

Twitter