Imprensa24h 2 de outubro de 2018

Afirmo que tomei a iniciativa de procurar o MPF e a PF entrando com uma representação junto à Polícia Federal para a apuração da responsabilidade por falsa imputação de fatos criminosos divulgados por apoiadores de outra  coligação. Por envolver um Deputado Federal, a Polícia Federal encaminhou a minha representação para a Procuradoria Geral da República (PGR) em Brasília. Ao contrário do que tem propagado a turma do marketing do mal, o caluniador é que foi representado por mim e vai responder na PF, em inquérito que será aberto, e, em razão da falta de provas, será punido pela justiça em virtude da prática de reiterados crimes contra mim, sob o beneplácito do seu chefe. Quem não deve, não teme. Toda e qualquer matéria ofensiva à minha honra, terá igual destino: o seu autor será representado, na busca de uma punição exemplar por parte da Justiça. Abomino a conduta covarde que usa a calúnia como arma para agredir adversários políticos. A minha condição de ficha limpa jamais eles tirarão, por mais que tentem. O povo vai responder nas urnas e as pesquisas estão confirmando a sua repulsa às baixarias.

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Leave a comment.

Your email address will not be published. Required fields are marked*