Novo processo de aprendizagem destaca a busca de conhecimento contínuo nas mais variadas áreas

A pandemia do novo coronavírus provocou mudanças e acelerou muitos processos, principalmente quando falamos de mercado de trabalho. De uma hora para outra, os profissionais precisaram se reinventar, buscar novos conhecimentos e habilidades. Um novo processo de aprendizagem vem ganhando destaque: o Lifelong learning.

 

Segundo a psicóloga e coordenadora do Unit Carreiras, Maria Luisa Teodoro, esse novo processo abrange o aprendizado em vários assuntos, os mais diversos possíveis e de todas as formas.

 

“O Lifelong learning, efetivamente, consiste em um processo de permanente busca pelo conhecimento. Nós sempre procuramos esse aprendizado na educação formal como em escolas e universidades, mas a ideia com o Lifelong learning é que se estenda para além dessa formação, abrangendo mesmo a carreira e a vida pessoal”, declara a psicóloga e coordenadora do Unit Carreiras, Maria Luisa Teodoro.

 

“Com essa educação continuada, observam-se os desafios que o próprio mercado de trabalho nos impõe e que nos exige aprendizados, além do conhecimento técnico. Diante disso, você busca diferenciais continuamente”, acrescenta.

 

Segundo Maria Luisa, o Lifelong learning possui pilares para a eficiência do processo.  “Enfatizamos a relevância do aprender a conhecer, o aprender a fazer, aprender a conviver e aprender a ser. Os pilares vão desde o aperfeiçoamento do senso crítico, o desenvolvimento de habilidades e colocar em prática o que foi desenvolvido, o trabalho em equipe e inteligência emocional até a convivência com mais empatia e troca de conhecimentos entre os pares, e autoconhecimento sem deixar de lado o aprimoramento e características como um todo, pensando em uma evolução enquanto ser humano”, destaca.

 

Para a especialista, adotar uma postura Lifelong learning requer o entendimento do processo, além do momento adequado para colocar em prática. “Precisamos entender que, por ser um aprendizado contínuo, pode ser iniciado a qualquer momento, seja no início da sua carreira, na reta final ou em um processo de transição de carreira. O momento é de cada um e os conhecimentos são dos mais variados temas. O importante é colocarmos em evidência que precisamos colocar a mão na massa e entender o processo de aprendizagem”, enfatiza.

 

“É importante se desafiar e buscar novos aprendizados. Isso gera valor não somente para uma virada de carreira, assim como para impulsionar a profissão e, principalmente, aumentar o repertório de experiências pessoais”, finaliza a psicóloga.

Assessoria de Imprensa | Unit

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

Imprensa 24h

Notícias de Sergipe: Informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h.

Deixe uma resposta