O que avaliar em um carro na hora do teste drive?

Fazer um teste completo é um componente essencial do processo de compra de carros, independentemente de você ser um comprador iniciante ou alguém que está negociando a compra de um veículo mais novo. Em ambos os casos, você provavelmente quer adquirir algo confiável e pode desejar tecnologias como conectividade Bluetooth, um sistema de entretenimento e equipamentos de segurança, como uma câmera retrovisora.

Uma opção que os compradores de carros devem considerar é um carro usado ou seminovo para comprar, especialmente se não suportarem os gastos geralmente mais volumosos de um zero quilômetro. De preferência, fica no alvo de muitos compradores os modelos que ainda estejam na garantia ou um modelo que venha com garantias adicionais.

Depois de estabelecer seu orçamento e restringir sua pesquisa a alguns modelos específicos, aqui estão algumas das principais dicas nas quais você deve se concentrar durante seu teste drive para então você assinar o contrato de compra e ter as chaves do seu novo automóvel em mãos. Acompanhe as instruções que separamos neste post e lembre-se: na hora de comprar um automóvel, a melhor alternativa é estar atento a ruídos, amassados e, principalmente, pesquisar muito!

1. Olhe bem a parte externa do carro

Se você não for comprar um zero quilômetro, você pode encontrar um arranhão aqui e ali, já que a maioria dos revendedores não remove todas as imperfeições de carros. No entanto, eles corrigem amassados, arranhões e acabamentos quebrados, especialmente se um reparo for necessário para se qualificar como um veículo apto para o mercado. Analise a aparência do veículo: a tinta é brilhante? Os faróis, luzes traseiras, piscas, faróis de neblina e outras luzes estão funcionando? As rodas estão limpas e os pneus têm margem suficiente? As imperfeições aparecem melhor à luz do dia, portanto, não dependa das horas noturnas do revendedor para obter uma indicação precisa da condição do automóvel a ser negociado.

2. Verifique os freios e amortecedores do veículo

Olhe através dos raios das rodas e observe os freios. As pastilhas de freio devem ser grossas. Se as pastilhas estiverem gastas, elas precisarão ser substituídas; caso contrário, os rotores dos freios poderão ser danificados se o problema não for resolvido imediatamente. Além do mais, teste os amortecedores. Você pode detectar problemas com o sistema de suspensão antes mesmo de pegar a estrada. Verifique os amortecedores pressionando com força os cantos dos para-choques dianteiro e traseiro. Deve haver pouco ou nenhum balanço presente. Se um ruído for detectado, provavelmente precisarão de substituição.

3. Abra e feche tudo várias vezes

Abra e feche todas as portas, o capô e o porta-malas. Se o veículo tiver uma porta elevatória elétrica operada pelo chaveiro, ela deverá abrir e fechar automaticamente. As portas deslizantes de uma van devem abrir, fechar e trancar com segurança. Examine as travas e verifique se as portas e as tampas se fecham com firmeza e firmeza. Verifique cada bloqueio para garantir que eles estejam operando conforme necessário.

4. Olhe muito bem a parte de baixo e o interior do carro

Dobre e dê uma olhada embaixo do carro. Tome nota de qualquer fluido que possa estar pingando. Nos dias mais quentes, pode-se esperar que a condescendência do ar-condicionado goteje, mas nada mais. Se esse for de água, tudo está bem, mas, se for outra coisa, aponte o problema para o vendedor. Entre e sente-se ao volante. Observe que o painel de instrumentos acende e que todos os interruptores e botões estão funcionando. Ligue o sistema de áudio e verifique se ele funciona corretamente. Quanto mais eletrônicos e tecnologias presentes, mais coisas você deve verificar. Os acessórios de energia, incluindo janelas, fechaduras e espelhos laterais devem estar em boas condições de funcionamento e dentro das características de preço base contidos na Tabela Fipe.

5. Dirija o carro atento a barulhos e falhas

Feche a porta, ajuste o assento, coloque o cinto e ajuste os espelhos. Em seguida, coloque a chave na ignição ou pressione o botão iniciar com o pé direito no freio. Ouça o motor enquanto ele liga. Nenhum som estranho deve estar presente. Desloque e vá. Mantenha o ruído interno no mínimo para poder se concentrar nos aspectos mecânicos do veículo. Você pode verificar o sistema de áudio, navegação, aquecedor e ar condicionado mais tarde. O freio de emergência solta sem problemas? A transmissão muda com facilidade? Nunca aceite um passeio rápido pelo quarteirão. Diga ao vendedor que você quer pegar o carro na estrada, elevando sua velocidade a pelo menos 100 km/h. Planeje dirigir por pelo menos 10 quilômetros para ter tempo suficiente para avaliar o veículo e sob várias condições. É nas velocidades das rodovias que os problemas têm maior probabilidade de aparecer ao pressionar o acelerador, acionar os freios ou se a direção tende a desviar para os lados. Verifique também se a transmissão muda suavemente e não produz ruídos estranhos. Pressione os freios com força quando nenhum outro veículo estiver presente. Os carros mais novos têm freios de autobloqueio, o que significa que você deve ouvir um som agudo quando o sistema entra em travagem brusca.

6. Estacione e verifique todos os gadgets

Antes de retornar à concessionária, comece a verificar os vários gadgets presentes. Isso pode incluir: controle de cruzeiro, sistema de áudio, teto solar elétrico, aquecimento, ar condicionado, luzes internas, câmera retrovisora, conectividade de navegação e smartphone. Os pontos de conexão – incluindo tomadas de 12 volts, portas USB e o conector de entrada auxiliar – devem estar funcionando em perfeito estado também.

Agora que você sabe como testar um carro, descubra os possíveis problemas que devem ser resolvidos antes de assinar um contrato de venda. E lembre-se de que esse processo de análise ao fazer um teste drive vale repetir com cada veículo subsequente que você for testar. Dessa forma, você terá tomado as medidas necessárias para garantir que o carro que você compra esteja em boas condições de funcionamento.

Gostou deste artigo? Aproveite e compartilhe-o em suas redes sociais!

 

 

 

Reprodução autorizada mediante citação da fonte: Imprensa 24h

 

Notícias de Sergipe

Email: contato@imprensa24h.com.br

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Imprensa 24 Horas

Siga nossas redes:

Facebook
Instagram
Twitter

 

 

Imprensa 24h

Agilidade e informações com credibilidade são as marcas do Imprensa 24h

Deixe uma resposta